Anúncio
Anúncio

Na quinta feira (29), o jogador brasileiro Lucas Piazon (21) teve uma enorme surpresa ao receber da Polícia canadense a notícia de que ele foi  acusado de abuso sexual. O brasileiro tem vinculo contratual com o Chelsea, porém está cedido por empréstimo, para o Reading, ambos clubes da Inglaterra. Após o término do treino, o jogador recebeu a notícia. O genitor de Lucas (Antônio Carlos Piazon), que vive em Londres junto com o filho, disse desconfiar da eventualidade de seu filho ter feito esse ato, no Pan-Americano que ocorreu em Toronto no mês de julho.

Anúncio

"Eu acho muito estranho, e fiquei muito espantando com o fato. Já se passaram 90 dias do jogos, como podemos acreditar que isso seja verdade depois desse tempo? Eu conheço meu filho, e sei que nunca seria capaz de cometer esse crime. Lucas está calmo e iremos comprovar a sua inocência, para mim isso é que isso é uma asneira", disse Antônio Carlos. O assessor do jogador deu a notícia para a família por mensagem.

Andrey e Lucas foram acusados de forma explícita pela Polícia de Toronto, e a acusação consiste no abuso sexual que uma garota com aproximadamente 20 anos, que até o momento a Polícia de Toronto não se sabe quem é.

O crime teria ocorrido no dia 25 de julho. 

"Provavelmente, os policiais não têm o conhecimento que meu filho joga no Chelsea, será que sabem? O que me deixa mais indignado, é o fato de Lucas está fazendo o que gosta, trabalhando, jogando Futebol. Ainda estamos tentando entender o que se passou'', falou o pai de Lucas.

Antônio garantiu que irá acionar judicialmente Joanna Beavens-Desjardins, inspetora que está a frente do caso. O genitor completou: ''A nossa indignação é muito grande. A nossa família, juntamente com o Chelsea, já estamos fazendo de tudo para que isso seja solucionado, pois eu não aceito que uma mulher acuse o meu garoto assim''. 

Revelado pelo São Paulo, Lucas Piazon foi vendido ao Chelsea em 2012, mas teve poucas chances no time titular.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Dirigentes queriam que Lucas tivesse mais experiência, então o emprestaram para o Malaga (time espanhol), depois para o Vitesse (time holândes), para o Frankfurt (time alemão), e agora está no Reading.