Deu a lógica, o Barcelona dominou a partida, venceu o River Plate por 3 a 0, e sagrou-se o primeiro tricampeão da Copa do Mundo de Clubes da FIFA neste domingo (20) no Nissan Stadium em Yokohama, no Japão. O clube catalão já havia vencido o torneio em 2009 quando derrotou o também argentino Estudiantes por 2 a 1 na prorrogação, em edição disputada no Emirados Árabes, e em 2011 vencendo o Santos por 4 a 0 neste mesmo estádio da partida de hoje, no Japão.

Neymar entra para a história e Espanha se mantém no topo

Neymar também entrou para a história do Futebol mundial se tornando o 5° jogador a conseguir ser campeão da Copa Libertadores da América, Champions League e Mundial de Clubes, os outros que conseguiram esse feito foram os brasileiros Dida (campeão da Libertadores pelo Cruzeiro, da Champions pelo Milan e Mundial por Corinthians e Milan) e Cafu (campeão da Libertadores pelo São Paulo, da Champions e Mundial pelo Milan), e os argentinos Samuel (campeão da Libertadores pelo Boca Juniors, da Champions e Mundial pela Internazionale) e Tevez (campeão da Libertadores pelo Boca Juniors, da Champions e Mundial pelo Manchester United).

Nenhum clube conseguiu ainda o feito de vencer consecutivamente o torneio, mas pela segunda vez na história dois clubes do mesmo país vencem a competição de forma consecutiva. Em 2005, o clube brasileiro do São Paulo foi campeão superando o Liverpool, e em 2006 foi a vez do Internacional se sagrar campeão vencendo o Barcelona na grande final. E este ano o troféu se mantém na Espanha já que ano passado o Real Madrid foi o campeão mundial vencendo o San Lorenzo de Almagro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

Suárez goleador também crava seu nome na história

Voltando ao jogo, o Barcelona dominou a partida por completo e mais uma vez o uruguaio Suárez mostrou todo seu talento de goleador marcando mais 2 gols, se tornando o maior artilheiro de uma edição da Copa do Mundo de Clubes da FIFA com um total de Suárez brilha com 5 gols em apenas 2 jogos. Ele também se juntou aos argentinos César Delgado e Lionel Messi como maiores artilheiros da história do torneio, com 5 gols cada.

O placar da partida foi aberto aos 36 minutos do primeiro tempo com Lionel Messi, depois do cruzamento de Daniel Alves, Neymar só escorou de cabeça para o argentino dominar a bola no meio de 3 adversários e tocar para o fundo do gol de Barovero, e assim terminou o primeiro tempo, 1 a 0 para o Barcelona. No segundo tempo foi a vez de Suárez brilhar, e logo aos 4 minutos ele aproveitou lançamento preciso de Busquets, entrou livre e tocou na saída do goleiro para marcar o segundo gol do clube catalão.

E para fechar o placar, aos 23 minutos, ele aproveitou cruzamento de Neymar e tocou de cabeça no contrapé de Barovero, 3 a 0 Barcelona, ao natural.

O Club Atlético River Plate foi a campo com Marcelo Barovero; Gabriel Mercado, Jonathan Maidana, Éder Balanta e Leonel Vangioni; Mathias Kranevitter, Leonardo Ponzio, Carlos Sánchez e Tabaré Viúdez; Rodrigo Mora e Lucas Alario. No intervalo da partida entraram Lucho González e Gonzalo Martínez nos lugares de Leonardo Ponzio e Rodrigo Mora, e aos 11 minutos do segundo tempo foi a vez de sair Tabaré Viúdez, dando lugar a Sebastian Driussi.

Já o Futbol Club Barcelona colocou em campo Claudio Bravo, Daniel Alves, Javier Mascherano, Gerard Piqué e Jordi Alba; Sergio Busquets, Ivan Rakitic e Andres Iniesta; Lionel Messi, Luis Suárez e Neymar Jr. Aos 22 minutos do segundo tempo saiu Ivan Rakitic e entrou Sergi Roberto, aos 36 entrou Thomas Vermaelen no lugar de Javier Mascherano e Jérémy Mathieu aos 44 substitui Neymar Jr.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo