O sorteio poderia ter sido mais amigável com o Grêmio. Nesta terça-feira (22), em Assunção, no Paraguai, a Conmebol sorteou o chaveamento inicial da primeira fase da Libertadores de 2016. Terceiro colocado no Brasileirão de 2015, o tricolor gaúcho não deu sorte e caiu ao lado de dois recentes campeões do torneio.

O time comandado por Roger Machado caiu no grupo 6, onde o San Lorenzo, campeão da edição de 2014, é o cabeça de chave.

Completam o grupo os equatorianos da LDU, detentores do título em 2008, e o Toluca, do México, que será o primeiro adversário gremista em jogo a ser realizado em solo mexicano.

Recentemente, o Grêmio tem um histórico de enfrentamento tanto contra San Lorenzo como contra a LDU. Em 2013, os brasileiros bateram a equipe do Equador nos pênaltis na fase de pré-Libertadores, conseguindo a vaga para a fase de grupos.

Já contra o San Lorenzo, um ano depois, a sorte não se repetiu. Também pelas penalidades, o time caiu diante dos argentinos na fase de oitavas de final, em plena Arena, em Porto Alegre.

Outro fator que preocupou a cúpula gremista após o sorteio é o desgaste das viagens. Só na primeira fase, a equipe já sabe que precisará ir ao México e ao Equador, em descolamentos que não costumam ser simples. Mesmo assim, o presidente do clube Romildo Bolzan Jr se manteve otimista ao comentar os adversários.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Grêmio Libertadores

"Grupo difícil e com viagens longas. Quito tem altitude, tem uma viagem chata. Idem no México. Pegar o San Lorenzo nem se fala. Haverá dificuldades, mas precisamos fazer o dever de casa e buscar o resultado longe de Porto Alegre. Estou confiante. Temos condições de passar", sintetizou o mandatário gremista.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo