O brasileiro Rafael do Anjos manteve seu cinturão dos pesos leves do UFC categoria até 70 quilos, obtendo um nocaute rápido e fantástico sobre o americano Donald “Caubói” Cerrone, neste sábado em disputa válida pelo UFC Orlando nos Estados Unidos, garantindo assim, a manutenção do seu cinturão em sua primeira defesa de cinturão na categoria.

O brasileiro se apresentou em excelente forma física, com uma disposição surpreendente e com uma gana e garra para vencer que deixaram o público do evento boquiabertos. A luta foi rápida, um monólogo do brasileiro que mostrou muita disposição e explosão para nocautear seu adversário em apenas 66 segundos de combate.

A Luta

Os lutadores se estudaram pouco e logo partiram para a trocação franca. Rafael logo acertou um direto de esquerda, sendo que Cerrone por sua vez contragolpeou com um bom cruzado. Mas o brasileiro se mostrou com muito mais armas na cartola, soltando um belo chute na linha de cintura do americano que acusou o golpe e encostou na grade.

Foi nesse momento, com Donald Cerrone na grade que o brasileiro explodiu, mostrando a mais de 150 países, o seu arsenal de golpes.

No total foram mais de 25 golpes, fazendo com que Donald Cerrone virasse um passageiro da agonia.

O americano se desequilibrou e caiu, quando o árbitro se viu obrigado a encerrar o combate, dando assim a vitória para o brasileiro por nocaute técnico ainda no primeiro round.

O brasileiro recebeu o cinturão e disse ao entrevistador do UFC que está apenas no início de sua carreira no UFC e agradeceu a toda a equipe que o treinou.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

Ao final declarou em alto e bom tom que quem manda na categoria é ele e que se MacGregor campeão peso pena, quiser subir de categoria terá que passar por cima dele. Mandou um recado também que aceita a luta contra MacGregor em qualquer lugar do mundo, “se quiser lutar, eu luto no Brasil, Irlanda ou qualquer outro lugar, eu estou aqui para ficar!”.

Agora o card do brasileiro soma 25 vitórias e 7 derrotas, sendo que o brasileiro pôs fim a uma invencibilidade de 8 lutas do americano Donald Cerrone.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo