Mais do que um título, a Copa São Paulo de Futebol Júnior representa para os torcedores das grandes equipes brasileiras a chance de ver despontar para o futebol alguns dos principais craques do país. Apesar do sucesso na competição não garantir necessariamente a revelação de grandes craques, é consenso que os jovens jogadores que se destacam no torneio podem vir a conseguir um lugar de destaque entre os profissionais em alguns anos.

Um dos principais jogadores da equipe campeão pelo Flamengo em 1990, o meia Djalminha foi um dos que começou com sucesso no torneio.

Mais tarde, o jogador se tornaria craque com passagens pelo próprio Flamengo, pelo Palmeiras, pelo Deportivo La Coruña da Espanha e pela Seleção Brasileira.

Outro jogador que disputou a competição com sucesso foi o goleiro Rogério Ceni, que em 1993 venceu o título sob o rival Corinthians pelo São Paulo. Anos mais tarde, Rogério se tornaria titular e um dos maiores ídolos da equipe profissional do São Paulo.

Outro ídolo do São Paulo, o meia Raí começou sua carreira no Botafogo-SP. O meia jogou a competição em 1983, quando ajudou seu time a chegar até a final, vencida pelo Atlético-MG.

Apesar de não ter vencido o título, o maior craque brasileiro da atualidade, Neymar, também disputou a competição. O atacante, então com apenas 16 anos, jogou a competição de 2009. O Santos caiu nas oitavas-de-final, mas foi o suficiente para revelar o jovem craque, que no mesmo ano, após completar 17 anos, estreou na equipe profissional do time praiano e levou o Peixe a conquistar uma série de títulos, entre eles a Libertadores da América de 2011.

Outro que encantou jogando a Copinha foi Dener, meia da Portuguesa que ajudou o time paulista a ganhar o título em 1991.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Futebol Corinthians

Considerado o melhor jogador daquela edição, o jovem mais tarde subiu aos profissionais e foi para o Vasco da Gama. Infelizmente, o talento excepcional de Dener foi interrompido em 1994, quando um acidente de carro tirou sua vida aos 23 anos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo