Anúncio
Anúncio

O Botafogo de Futebol e Regatas vinha tentando a contratação do volante equatoriano Pedro Larrea, mas esta semana encerrou definitivamente as negociações para contar com o jogador de 29 anos da LDU Loja. Junto o Botafogo vinha buscando um atacante para reforçar a equipe de Ricardo Gomes, e o nome que surgiu com força é o de Hernán Barcos, que tem seu passe vinculado aos chineses do Tianjin Teda.

Mesmo iniciando as tratativas esta semana, o negócio já vem parecendo inviável ao Botafogo, tendo em vista a pedida do argentino que seria de aproximadamente R$ 20 milhões para um contrato de 3 anos. A negociação foi confirmada inclusive pelo irmão e empresário do jogador, David Barcos, que disse que a conversa já vem desde a semana passada, mas não foi feito nenhum tentativa concreta, o Botafogo apenas havia buscado informações.

Anúncio

Segundo David, a negociação vai depender mais do clube chinês, pois Barcos ainda tem mais 1 ano de contrato com o Tianjin Teda.

Como é de conhecimento público o Botafogo vive uma crise financeira, que aumentou ainda mais em função de passar um ano jogando a Série B nacional, perdendo valores de patrocínio e cotas de TV, mas o clube mantém um verba especial para a contratação de um atacante, e Barcos seria a peça fundamental que o Botafogo estuda para entusiasmar seu torcedor.

Hernán Barcos tem 31 anos e iniciou sua carreira no Racing Club de Avellaneda da Argentina, mas nunca se firmou e sofreu com vários empréstimos para Guaraní do Paraguai, Olmedo do Equador, Estrela Vermelha da Sérvia, Huracán da Argentina, Shanghai Shenshua e Shenzhen Ruby da China, todos no período de 2004 à 2009.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Em 2010 Barcos foi contratado pela LDU Quito e mudou os rumos de sua carreira, pela equipe equatoriana foi campeão por duas do campeonato nacional e também da Recopa Sulamericana.

Em 2012 começou a passagem brasileiro do Pirata, foi contratado pelo Palmeiras e não decepcionou a torcida marcando 31 gols em 61 jogos e conseguindo o título da Copa do Brasil, mas no campeonato brasileiro a equipe foi mal e acabou rebaixada para a Série B. No início de 2013 foi negociado com o Grêmio e pela equipe gaúcha marcou 45 gols em 112 partidas, sendo até hoje, depois de um ano de sua saída, o maior artilheiro da Arena do Grêmio com 28 gols.

Iniciou 2015 e Barcos foi vendido ao Tianjin Teda da China, onde na Super Liga Chinesa consegui marcar 15 gols em 29 partidas.

Anúncio

Com os chineses foi firmado um contrato de dois anos, e este seria o maior empecilho para sua saída do clube, sendo que seu contrato encerraria apenas no final de 2016.

Apesar da grande empolgação da torcida pela volta do seu artilheiro, o Grêmio não tem esboçado reação quanto a contratação do Pirata, sempre demonstrando pouco interesse em sua volta. Para o ataque já surgiram as informações de possíveis tratativas com o peruano Jefferson Farfán, os argentinos Ezequiel Cerutti e também do artilheiro da última Libertadores Gustavo Bou.