Anúncio
Anúncio

O UFC anunciou uma superluta para o UFC 197, a luta entre o brasileiro campeão peso leve Rafael dos Anjos contra a sensação do momento, o irlandês campeão peso pena Connor MacGregor.

A tão esperada luta já aguardada com grande ansiedade pelos fãs de MMA espalhados por todo o mundo acontecerá no dia 05 de março em Las Vegas, no maior templo de lutas mundial, o MGM Grand Garden Arena.

Como já se esperava o irlandês irá subir de categoria e lutará no peso do brasileiro Rafael dos Anjos, 70 quilos. Atualmente MacGregor luta no peso pena até 66 quilos.

Agora o irlandês tentará fazer história no UFC e tentar ser campeão de duas categorias ao mesmo tempo. Algo inédito e nunca alcançado por nenhum outro lutador.

Anúncio

O co-maining event da noite também foi anunciado e será a disputa do cinturão feminino peso galo até 61 quilos. Nessa disputa a atual campeã a americana Holy Holm, algoz de Ronda Rousey enfrentará a também americana Miesha Tate.

A luta principal marcará a disputa de titãs. Os dois lutadores estão embalados e vem de vitórias consecutivas.

Rafael dos Anjos vem de vitória em sua primeira defesa de cinturão. Nocauteou o americano Donald Cerrone em apenas 1m06 s, aplicando um nocaute por socos. Cerrone vinha de oito vitórias consecutivas e foi parado somente por Dos Anjos.

Já MacGregor destruiu um reinado de dez anos de José Aldo em apenas 13 segundos, aplicando um nocaute milimétrico em Aldo.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

O nocaute de MacGregor chocou o mundo das lutas.

O cartel de Rafael dos Anjos é de 25 vitórias e sete derrotas. O brasileiro vem embalado por cinco vitórias consecutivas.

Connor MacGregor tem um cartel de 19 vitórias e duas derrotas, sendo que suas derrotas não foram no UFC. Em lutas no UFC, o irlandês está invicto possuindo sete vitórias consecutivas.

Nas lutas entre as mulheres, Holm não quis esperar Ronda Rousey gravar seus filmes e aceitou lutar com Miesha Tate.

O cartel de Holy Holm é perfeito, possui dez vitórias em dez lutas. Miesha Tate terá nova oportunidade de ganhar o cinturão, já que em sua primeira oportunidade foi finalizada por Ronda Rousey.

O cartel de Miesha Tate é de dezessete vitórias e cinco derrotas.

Anúncio