O francês Gael Monfils segue firme na chave masculina do Australian Open. Na madrugada desta segunda-feira (25), ele bateu o russo Andrey Kusnetsov em quatro sets e avançou à fase de quartas de final, onde encontrará o canadense Milos Raonic. Será a primeira vez no torneio que Monfils terá pela frente um tenista dentro do top... 60. Sim, isso mesmo: a chave sorriu para o showman francês.

Cabeça de chave número 23 do torneio, Monfils abriu a sua participação no Aberto da Austrália enfrentando o japonês Yuichi Sugita, apenas o 124° do ranking mundial da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP).

O imenso favoritismo se confirmou. Sem a menor dificuldade, o francês venceu em sets diretos, com parciais de 6/1 6/3 6/2, e se credenciou para a segunda fase do campeonato.

Na rodada seguinte, ele enfrentou o compatriota e veterano Nicolas Mahut, que, curiosamente, é quem tem o melhor ranking entre os quatro tenistas enfrentados por Monfils até então. Mahut é o 63° da ATP, mas também não foi páreo para Monfils e foi batido após três sets, com parciais de 7/5 6/4 6/1.

A partir da terceira rodada, a sorte começou a brilhar ainda mais para Monfils. Em tese, ele pegaria nesta fase o sul-africano Kevin Anderson, 12° do mundo e 11° cabeça de chave do torneio. Mas Anderson sucumbiu a uma lesão logo na primeira rodada e perdeu para o norte-americano Rajeev Ram em quatro sets. Na fase seguinte, Ram perdeu para o francês Stephane Robert, somente o 225° do mundo, que virou o rival de Gael Monfils na terceira rodada.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades Tênis

Outro passeio. Sem maiores problemas, o sortudo aplicou 7/5 6/3 6/2 e avançou. E o melhor ainda estava por vir. Seguindo a lógica do campeonato, Monfils, caso passasse por Anderson na terceira rodada, enfrentaria nada mais e nada menos do Rafael Nadal nas oitavas. Só que, mais uma vez, o Tênis contrariou a lógica. Nadal perdeu de cara para Fernando Verdasco, que perdeu para o israelense Dudi Sela na segunda fase.

Com isso, o rival de Monfils nas oitavas passou a ser o russo Andrey Kusnetsov, apenas o 74° do ranking, que superou Sela na terceira rodada.

Agora, a moleza acabou. Depois de alcançar a sua melhor campanha na carreira no Australian Open ao garantir presença nas quartas, Gael Monfils terá uma parada dura para ir à semi. Enfrentará o canadense Milos Raonic, que não apenas está dentro do top 60, como é o 14° do mundo e vai embalado depois de ter vencido Stan Wawrinka, campeão do torneio em 2014, nas oitavas.

Que a sorte siga lhe acompanhando, Gael. Será necessária.

 

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo