O FC Porto pode conseguir dois grandes negócios com o Manchester United. Como publicou recentemente o jornal inglês “Daily Mail”, dois jogadores do clube português, Martin Indi e Rúben Neves, estão sendo observados de perto pelos responsáveis do United, sendo que o interesse do clube para contratar os dois jogadores é cada vez mais crescente. Caso se confirmem as contratações, espera-se que o FC Porto consiga garantir milhões de euros pelos dois craques, que estão fazendo uma boa temporada até ao momento.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Com um forte de investimento no time principal, que pelo menos até agora não tem dado grandes resultados nos gramados em Portugal, o FC Porto pode ter interesse em vender um ou dois jogadores importantes para conseguir equilibrar suas contas, sendo que o Manchester United parece ser o clube que está disposto a investir muito no time português.

Na verdade, Rúben Neves tem sido pretendido pelos principais times ingleses, tais como: Liverpool, Arsenal e Chelsea, se juntando agora o United. Tendo a sua cláusula de rescisão fixada em surpreendentes 40 milhões de euros, poucos são os clubes europeus dispostos a pagar tanto dinheiro por uma jovem promessa que ainda não deu grandes provas internacionalmente. Porém, com o desejo de colocar o mais rapidamente possível o United no topo e também com muito dinheiro nos cofres do clube graças ao lucrativo contrato televisivo, o United parece querer mesmo arriscar no jovem de 18 anos, que já é apontado como um dos melhores jovens que jogam atualmente na Europa.

Quanto a Martins Indi, um zagueiro bem mais experiente, também é desejo do United de Van Gaal, sobretudo por causa do grande número de lesionados que o time inglês tem nesse momento no seu setor mais defensivo.

Os melhores vídeos do dia

Com muita força física, Martins Indi pode ser o reforço que o clube inglês precisa para atacar a Liga Europa e o resto do Campeonato inglês. Mas estará o United disposto a investir milhões de euros nos dois craques do FC Porto já na janela de janeiro, que está terminando?