Anúncio
Anúncio

O Palmeiras abre a sua caminhada na Libertadores de 2016 na noite desta terça-feira (16), diante do River Plate, do Uruguai, que surpreendeu ao eliminar na fase de pré-Libertadores a poderosa Universidad de Chile. Não será o primeiro confronto entre as duas equipes, já que ainda no mês de janeiro os reservas do Porco fizeram 4x0 no River, em jogo-treino disputado no estádio Federico Saroldi.

O confronto desta terça-feira, válido pela primeira rodada do Grupo 2 da maior competição do continente, será disputado no estádio Domingo Burgueño, às 21h45, em Maldonado, no Uruguai. Dentre as atrações do River, está o zagueiro Ronaldo Conceição, gaúcho, de 28 anos, que ficou conhecido no Futebol brasileiro por ter jogado no Inter na temporada de 2010.

Anúncio

Ele fez parte do elenco colorado que veio a ser campeão da América naquele ano.

No entanto, uma grave lesão sofrida em uma partida contra o Cruzeiro, no Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro, abreviou a sua passagem por Porto Alegre. Mesmo depois de recuperado, ele não teve mais sequência no Inter es se transferiu para o Náutico. Depois, ainda esteve no São José, de Poa, e no Caxias, antes de se firmar no River. Em entrevista recente concedida ao jornal Zero Hora, do Rio Grande do Sul, Ronaldo chegou a comparar o River Plate com o São José.

"Olha, é como se o São José disputasse a Libertadores da América (referindo-se ao River Plate, seu atual clube). Se for parar para pensar, um salário de um grande jogador de um clube de ponta pagaria toda a folha salarial do nosso elenco.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Então, repito, é como se o São José jogasse a Libertadores", frisou Conceição.

O River Plate também tem outro brasileiro no elenco. Trata-se do atacante Emilton Pedroso, de 21 anos, que é natural de Pedro Osório, também do Rio Grande do Sul. Ele tem passagens pelas categorias de base do Brasil de Pelotas, e dos uruguaios Nacional e Peñarol. Contudo, Pedroso não está escalado para a partida de hoje. O ataque do River terá a dupla formada por Michael Santos e Nicholas Schiappacasse.