O menino afegão que se tornou um sucesso nas redes sociais após vestir uma camisa feita de plástico de Lionel Messi, recebeu finalmente a verdadeira camisa 10 de Messi da Argentina.

Um canal de TV ajudou a localizar a criança conhecida como "o maior fã de Messi", de cinco anos de idade, Murtaza Ahmadi, que mora no Distrito Jaghori, na província de Ghazni, ao leste do Afeganistão.

A equipe do jogador confirmou nesta quinta-feira que foi enviada uma camisa autografada pelo jogador, que ganhou recentemente o prêmio de melhor jogador do mundo pela quinta vez.

"Eu amo Messi e minha camisa diz que Messi me ama", disse Murtaza enquanto ensaiava sua comemoração de gol.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

A busca pelo menino começou quando uma foto, que se tornou viral, mostrava o garoto vestindo uma camisa caseira feita de um saco plástico azul listrado, imitando a famosa camisa Argentina.

Murtaza foi identificado pelo seu tio, Azim Ahmadi, que mora na Austrália, e colocou a equipe de TV em contato com seu irmão, Arif, o pai do jovem fã de Messi.

Arif, que trabalha em uma fazenda em Ghazni, confirmou à equipe que seu filho era o menino que conquistou as pessoas em todo o mundo e acrescentou que Murtaza estava "extremamente feliz".

Messi é embaixador da Boa Vontade para o Fundo de Emergência das Nações Unidas (Unicef), que ajudou a conseguir a camisa para o menino, ao postar a imagem de Murtaza na sua página do Facebook.

Messi também enviou algumas camisas extras para a família de Murtaza, incluindo para seu irmão mais velho, Humayun, que publicou as imagens originais no Facebook, que depois se tornaram virais.

Além dos uniformes, Messi prometeu se encontrar com o Murtaza. "A Federação de Futebol do Afeganistão recebeu um e-mail de Messi sobre o encontro.

Os melhores vídeos do dia

Em breve, o sonho de Murtaza será realidade", afirmou o porta-voz da entidade, Syed Ali Kazemi.

"Murtaza realizou um dos seus maiores sonhos hoje. Ele recebeu um uniforme da Argentina, autografado por Lionel Messi, embaixador da Unicef!", postou o órgão, nas redes sociais.