Em declaração ao ZH esportes, o vice-presidente de Futebol do Grêmio, César Pacheco, ao ser questionado pela derrota diante o time do interior e de virada, procurou desviar o foco e atacar o rival Sport Club Internacional, atual pentacampeão gaúcho, sobre possíveis irregularidade na inscrição de dois atletas do time colorado.

César Pacheco se refere aos jogadores Marquinhos e Paulo César Magalhães que, segundo o seu entender, foram inscritos irregularmente e pede que a Federação Gaúcha de Futebol puna o time do Gigante da Beira-Rio.

Publicidade
Publicidade

Esta foi a segunda derrota do tricolor do gauchão e também ainda não venceu na Copa Libertadores 2016 – o Grêmio tenta através de outros meios garantir pelo menos uma segurança de que, se consegue uma punição com a perda de todos os pontos do time colorado – sua jornada rumo ao título de campeão gaúcho fique facilitada.

César Pacheco acusa o Internacional, que também perdeu na rodada, e de virada para o Veranópolis em pleno Beira-Rio, de enviar o nome destes dois atletas à Federação Gaúcha de Futebol antes da publicação no Boletim Informativo Diário da CBF.

Publicidade

O que, segundo ele, configura irregularidade, mesmo o Inter tendo percebido o erro e retirado os nomes, voltando a inscreve-los assim que seus nomes foram publicados no boletim da CBF.

Pacheco contesta citando o artigo 53 do regulamento desta competição, que veta a reinserção de atletas que porventura tenham sido retirados de listas anteriores.

"Esperamos que a Justiça Desportiva esclareça esses fatos que estão meio nebulosos, tem que haver uma investigação",  afirmou Pacheco.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Grêmio

Já o vice-jurídico do Grêmio, Nestor Hein, foi mais ponderado em sua manifestação e assegurou que o clube da zona norte não irá fazer uma denúncia formal. Contradizendo seu vice de futebol, Nestor alegou desconhecer os meandros do problema e que justamente por isso não compõe a pauta de seus serviços. No melhor estilo Pilatos ele lavou as mãos e disse que isso é um problema da FGX, do Internacional e dos demais clubes de seu grupo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo