O dia 03 de fevereiro de 2016 entra para a história do maior jogador argentino que passou pelo Futebol brasileiro.

Revelado nas categorias de base do Club Atlético Ríver Plate, Argentina, fundado em 1901, destacando-se por sua habilidade, inteligência, chutes precisos e personalidade forte, Andrés Nicoláz D'Alessandro o "El Cabézon" conquistou seu 11º Título com a camisa do Sport Club Internacional (média de 1,375 Títulos por ano), clube que cria um vínculo vitalício com seus atletas que tornam-se também torcedores.

Publicidade
Publicidade

Para se ter uma ideia da superioridade sobre o Grêmio de Porto Alegre que ganhou 1 título gaúcho em 15 anos.

Jogador sanguineo e cerebral, clássico meia-esquerda da escola argentina, que flutuava nas costas dos volantes adversários como poucos. Pega-se uma estatística nestes 8 anos de clube e se verá o alto índice de passes certos.

Jogadores diferenciados são também aqueles que sempre acabam a jogada com alguma vantagem para seu time. Se não foi o gol, será uma falta a favor, um escanteio, uma lateral.

Publicidade

Esse era o futebol de D'Alessandro, capitão do clube mais vencedor do Brasil.

Volta para casa na hora certa, no final de carreira, em um momento que a Argentina começa a voltar ao cenário político como potência que antes fora, para lutar pelo seu time de origem conquistar a 4ª Libertadores. Todo bom colorado também irá torcer pelos hermanos blancos y rojos.

Fica a lição de amor ao clube, busca incessante pela vitória, até o último minuto de jogo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Negócios

Já é parte da vitoriosa história da Academia do Povo.

Com a camisa do Inter, o meia disputou 341 partidas, marcou 76 e gols e foi responsável por 79 assistências.

Em 2008 conquistou seu 1º título com a camisa vermelha levantando a inédia Copa Sul-Americana de forma invicta, sendo um dos destaques na final contra o Estudiantes de La Plata. Foi campeão invicto do Campeonato Gaúcho de 2009.

Na data de 18 de agosto de 2010, D'Alessandro conquistou o maior título da sua já vitoriosa carreira ao erguer a 2ª Taça Libertadores de América do Internacional.

Dono da camisa 10 foi principal destaque nessa conquista.

Em 2012 D'Alessandro conquistou seu primeiro título como capitão do Internacional. O time perdia por 1-0 para o Caxias em pleno estádio Beira-Rio. Voltando de lesão D'Alessandro entrou no 2º tempo e, como sempre, deu outra cara à equipe. O Internacional virou o jogo e levantou a taça gaúcha pela 41ª vez.

No dia 6 de abril de 2014 entrou para a história ao marcar o primeiro gol da reinauguração do Estádio Beira Rio contra a tradicional equipe do Peñarol do Uruguai.

Publicidade

Títulos conquistados pelo Inter:

Campeão da Copa Sul-Americana: 2008; Gauchão: 2009, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015; Copa Suruga Bank: 2009; Libertadores: 2010; Recopa: 2011; E na despedida de D'Ale, Inter é campeão da Recopa Gaúcha 2016.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo