Anúncio
Anúncio

Na preparação final de sua segunda defesa do cinturão dos pesos leves, Dos Anjos sofreu uma fissura no pé esquerdo, devido um bloqueio de joelho do sparring iraniano Adel El-Tamini especialista em karatê kyokushin e lutador de MMA. A luta seria em Las Vegas pelo UFC 196 no dia 05 de março, contra o desafiante irlandês Conor Mc Gregor. Diante do ocorrido Dos anjos foi substituído pelo norte-americano Nate Diaz, dos meio-médio.

A trajetória do karatê moderno possui suas origens ocultas em lendas de povos orientais que professam credos tão distintos como o budismo, o hinduísmo, o islamismo, o bramanismo e o taoísmo.

As técnicas do karatê foram sendo desenvolvidas e aperfeiçoadas de acordo com as necessidades de sobrevivência diante das forças hostis da natureza e a luta por territórios.

Anúncio

O karatê propagou-se e enraizou-se pela Ásia de uma forma obscura e silenciosa a partir dos séculos VII e VIII sendo praticada de uma forma particular dentro de largos muros de templos, por monges budistas. Foi a partir de então descoberto pelos samurais japoneses que passaram a treinar com o objetivo de obter disciplina e autodefesa.

Segundo o que a história nos mostra o mestre Gichin Funakoshi é o “pai do karatê moderno”. Funakoshi nasceu em meados dos anos 1868 e é natural de Okinawa onde praticou este estilo de arte marcial, desde sua infância. E contribuiu para a internacionalização do karatê, treinando soldados americanos logo após a Batalha de Okinawa e a rendição japonesa em 1945. A diferença entre os estilos do karatê é em relação ao local de sua origem, devido a utilização de técnicas especificas desenvolvidas e aplicadas por cada mestre.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Atualmente os estilos de karatê reconhecidos pela Federação Mundial de Karatê (WKF) são: Goju-Ryu, Wado-Ryu, Shito-Ryu e Shotokan.

O karatê foi a primeira arte marcial a se tornar popular nos EUA devido a ocupação americana no pós-guerra do Japão, onde soldados americanos tiveram contato com este estilo milenar de combate. Passando então a ser praticado em competições e torneios que tornaram-se popular nos EUA. Porém, surgiram controvérsias em relação à pontuação para a definição de quem era o vencedor nas competições tradicionais. O regulamento punia o competidor que praticasse o combate real, ou seja, a luta de contato. Pois essas competições eram focadas na arte do karatê.

Foi a partir de então em 1974 que surgiu oficialmente um estilo americanizado do karatê, o Full Contact.

Anúncio

Devido à iniciativa do americano Mike-Anderson, lutador e organizador dos chamados Karatê Tournaments.

Na época de ouro do Full Contact americano alguns nomes se destacaram na utilização dessas técnicas – Chuck Norris, Bill Wallace, Joe Lewis, Benny Urquidez e muitos outros.

Com o aperfeiçoamento das técnicas do Full Contact e a utilização das regras do Boxe originou-se um novo estilo de luta de contato que conhecemos hoje, o kickboxing. E pode ser classificado em cinco estilos – Karatê Full Contact, Freestyle, Regras Orientais, Regras Estilo Thai e o San Shou.

Podemos observar a evolução das artes marciais nos EUA, para um monopólio de Entretenimento denominado de Ultimate Fighting Championship (UFC). Onde passou de uma filosofia de autodisciplina e autodefesa para uma fonte de riqueza, tanto para organizadores como para atletas e patrocinadores.