Com duas alterações importantes: as saídas de Neymar, suspenso por ter recebido o segundo cartão amarelo, e de David Luiz, punido com um jogo de suspensão, a partida de hoje da seleção brasileira no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, ganhou contornos dramáticos. Com oito pontos ganhos, o Brasil está ao lado de Paraguai e Argentina, e ocupa o terceiro lugar na classificação geral, considerando-se os critérios de desempate.

Em caso de derrota, a combinação de resultados da sexta rodada das eliminatórias pode deixar o Brasil em situação difícil na tabela. Brasil x Paraguai tem transmissão pela Rede Globo e canal Sportv, hoje (29), às 21h45.

A provável entrada do ex-corintiano Gil na zaga pode dar mais estabilidade à defesa, setor que falhou em demasia no empate de 2x2 contra o Uruguai. Já o craque Neymar, um dos três melhores jogadores do mundo, deverá ser substituído pelo veterano santista Ricardo Oliveira, artilheiro da última temporada do Brasileirão.

No ataque, a seleção deve perder em movimentação e criatividade, e ganhar um jogador mais presente na área adversária.

Até hoje, o Brasil se classificou para todas as edições das Copas do Mundo, mas o nivelamento do Futebol atual e a instabilidade da seleção deixam a torcida apreensiva. Alvo de vaias na última partida, na Arena Pernambuco, Dunga também precisa de bons resultados para continuar no comando.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Neymar

O técnico sente a pressão e justifica a instabilidade do time: “Se nas outras eliminatórias, que não considerávamos tão difíceis, o Brasil sempre se classificou na última rodada, essa será ainda mais complicada. Temos que jogar para vencer”, avaliou.

Dunga deve mandar a campo a seguinte equipe: Alisson, Daniel Alves, Miranda, Gil, Filipe Luís, Luiz Gustavo, Fernandinho, Renato Augusto, Willian, Douglas Costa e Ricardo Oliveira.

Já o técnico Ramón Diaz escalou uma seleção paraguaia ofensiva e vai pro jogo com: Justo Villar, Aguilar, Gustavo Gómez, Paulo Da Silva, Samudio, Iturbe, Ortigoza, Richard Ortiz, Óscar Romero, Lezcano e Roque Santa Cruz. 

A história do confronto entre as duas seleções mostra ampla vantagem brasileira. São 46 vitórias, 20 empates e 11 derrotas, desde a primeira partida, disputada em 1921.

O trio de arbitragem será colombiano.

O juiz principal será Wilmar Alexander Roldán Pérez, auxiliado por Alexander Guzmán Bonilla e Cristian De la Cruz Achicanoy .

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo