Muitos corintianos se viram preocupados com os desfalques no elenco causados pela janela de transferências ao final da última temporada, tanto que uma série de memes percorreu a internet sobre como o técnico Tite remontaria a equipe para esta temporada. Porém, a apreensão deu lugar à confiança. Hoje, o time enfrenta o São Bernardo, fora de casa, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista e o clima não poderia estar melhor.

Passados dois meses de trabalho, apesar da equipe ainda não apresentar dentro de campo o mesmo Futebol que a levou em 2016 ao sexto título brasileiro e encantou o torcedor com seu toque de bola e aplicação tática, o Corinthians está em primeiro lugar em seu grupo na Taça Libertadores da América e também no Campeonato Paulista, onde também é o primeiro na classificação geral, da mesma forma que em 2015.

“Está acima do que eu imaginava. É um diagnóstico profissional, racional. Todo mérito ao trabalho e à compreensão dos atletas. Tem de ser inteligente para fazer isso e eles têm dado respostas em campo, seja no jogo ou no treino”, afirma o treinador Tite.

Para muitos, o técnico é a grande força do Timão. Desde o início da temporada, ele tem trabalhado com coerência a escalação da equipe e dado oportunidade a todo o elenco, buscando adaptar as características de cada atleta, suas potencialidades, ao que ele enxerga de ideal de posicionamento e esquema tático do time.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Corinthians

O resultado aparece tanto na tabela como em campo. Mesmo quando não consegue oferecer espetáculo, o time se mostra competitivo.

“O Tite é o nosso maior ídolo atual. Ele tem uma história com o clube e um verdadeiro amor, poderia dizer. Apesar de já ter sido vitorioso em outros lugares e de até ter treinado nosso maior rival, o Palmeiras, sua identificação com os valores da torcida, a dedicação ao trabalho e ao clube é enorme. Confiamos no seu trabalho porque já vimos do que ele é capaz”, confessa animado Marcos Mota Monteiro, 34, torcedor alvinegro.

Na noite de hoje, quarta-feira, às 21h, em São Bernardo, o Timão pega o time da casa com a provável escalação: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique; Giovanni Augusto, Rodriguinho, Guilherme e Lucca; André. Para muitos, este pode ser considerado o time titular de Tite, já que o treinador optou por essa formação em jogos importantes tanto da Libertadores como do Paulistão.

O técnico justifica a escalação.

“A forma que gosto de trabalhar é sempre positiva: ambicionar, desafiar. Marcar pontos onde temos de melhorar. São esses desafios que fazem a equipe crescer. Temos de antecipar a classificação, sem refrescar, continuar cobrando, querendo evoluir, afinal, o resultado vocês já conhecem”, finaliza o mestre.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo