A Major League Soccer (Liga de Futebol norte-americano), teve o início da temporada 2016 no último final de semana. Esta Liga, que foi criada em 1996 após uma promessa da US Soccer à Fifa caso a Copa do Mundo fosse sediada no país em 1994, deu vida a MLS. Era um pedido da Fifa uma vez que os Estados Unidos não possuíam uma Liga profissional de futebol reconhecida pela entidade. 

Fica evidenciado o quanto a MLS tem aumentado de patamar gradativamente desde então, tanto na qualidade do futebol apresentado dentro de campo, quanto no aumento vertiginoso do público presente nos estádios. 

A Liga quando foi criada possuía apenas 10 times e, hoje, conta com 20 equipes, sendo 17 dos Estados Unidos e 3 do Canadá.

Publicidade
Publicidade

A entrada em 2015 do New York City e Orlando City, contribuíram ainda mais para o sucesso completo de público e audiência de TV. A média até 2015 foi de 21.083 torcedores por jogo. O time que mais levou torcedores ao estádio foi o Seattle Sounders (40.251 de média).

Grandes nomes do futebol já passaram pelos gramados da terra do Tio Sam, como Thierry Henry e Cuauhtémoc Blanco (astro mexicano) que também se aposentou oficialmente no final de semana passado.

Publicidade

Mas evidentemente, não podemos deixar de mencionar aqui David Beckham. 

O craque inglês vestiu a camisa do Los Angeles Galaxy em três oportunidades. De 2007 até 2008, 2009, e de 2010 a 2012. Ele foi responsável pela criação da "Lei de Beckham", como ficou conhecida a Lei do Jogador Designado. A Liga possuía um teto salarial com o intuito de garantir o equilíbrio nas finanças das equipes mas, com a contratação de Beckham, permitiu que todos os elencos da MLS pudessem ter um jogador com teto salarial acima do permitido pelo regulamento da competição, mas sem onerar a folha salarial dos demais jogadores. 

Com isso, a Liga atualmente tem em vários de seus times um jogador Top de Linha em seu elenco, como Giovinco (Toronto), Kaká (Orlando City), Pirlo, Lampard e David Villa (NY City), Gerrard (LA Galaxy) e Drogba (Montreal Impact). 

Craques que alavancaram o crescimento da MLS.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Curiosidades

E é o que está acontecendo, sobretudo na atual temporada: como a Liga possui estes nomes interessantes do ponto de vista futebolístico, acabou tornando-se alvo de investimentos para sua expansão, tanto interna quanto externamente.  Internamente, atingiu o melhor contrato para a transmissão de jogos de sua história (serão 360 milhões de reais/ano) a serem divididos entre os clubes. Externamente, conseguirão atingir 140 países em 2016 que assistirão aos jogos pela TV através da operadora Sky. 

Para o torcedor local, a Liga está mais do que consolidada, haja visto que na primeira rodada houve 10 jogos.

Com exceção do confronto entre os canadenses Vancouver e Montreal, que tiveram apenas 40% da carga de ingressos vendida, as outras nove partidas alcançaram audiência acima dos 60%. 

Constata-se ainda que, em quatro destas partidas, a lotação foi total, e na partida do Orlando City contra o Real Salt Lake, no Citrus Bowl, com capacidade para 65 mil espectadores, o público foi de 60 mil. Isso que o astro do time, o brasileiro Kaká, não jogou.

Publicidade

Esta é uma Liga que está se transformando numa receita de grande sucesso. 

 

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo