Carrillo vive um autêntico pesadelo no Sporting, segundo garante o Sindicato de Jogadores do Peru. Em uma longa entrevista à estação “Rádio Renascença”, Juan Baldovino, presidente do Sindicato de Jogadores do Peru, revelou vários detalhes da humilhação que o atacante peruano tem sofrido nos últimos sete meses, apontando a maioria das culpas para Bruno de Carvalho, presidente do Sporting. Ele teria insultado e pressionado o jogador nos últimos meses, fazendo claros ataques à integridade física e psicológica de um jovem jogador que já não joga uma partida competitiva desde setembro.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Depois de ficar afastado do primeiro time do Sporting, agora Carrillo ficou oficialmente de fora da seleção peruana, algo que chocou muita gente, visto que o atacante é um dos melhores jogadores do país.

Mas, por não jogar uma partida há mais de sete meses, ficou impossível para o selecionador escolher Carrillo. Mas até que ponto esse pesadelo e humilhação que o jovem sofre no Sporting é ilegal e pouco ético?

“Tem sete meses de maus tratos, pressão e insultos do presidente. De sofrer ataques contra a sua integridade emocional, física até como ser humano”, garantiu Juan Baldovino em declarações à “Rádio Renascença”. Ele deu a entender que fala regularmente com Carrillo e a situação inexplicável e “muito rara” que o jogador está vivendo atualmente em Portugal tem envergonhado muitos seguidores do Futebol português, sobretudo peruanos que nas redes sociais se mostram muito magoados pelo que está acontecendo a um dos seus melhores jogadores.

Contudo, e depois de ter sido oficializado que Carrillo vai jogar no próximo ano no grande rival do Sporting, o Benfica, não se espera que Bruno de Carvalho abrande com as suas pressões, humilhações e maus tratos psicológicos contra o jovem jogador, que atualmente nem se sabe ao certo se está em Portugal ou no Peru.

Os melhores vídeos do dia

Quanto ao Benfica, o clube se mostra também muito preocupado com o que está acontecendo com o seu futuro craque, principalmente agora que o Sindicato de Jogadores do Peru veio a público mostrar toda a sua preocupação. A rivalidade entre os dois clubes é maior e mais intensa do que nunca.