A luta, válida pelo UFC 196, foi definida ainda no segundo round, quando o lutador da casa conseguiu desferir vários golpes contra McGregor para, na sequência, levá-lo ao chão. Muito cansado e já machucado - apesar de ter iniciado bem o combate -, o irlandês não resistiu ao constante ataque de Nate Diaz e foi derrotado por finalização, com um mata-leão, ao ficar por baixo. Com a derrota, ele deixou escapar uma série invicta de 15 lutas. McGregor, que se aventurou na categoria meio-médio, já se prontificou a defender o cinturão dos penas, conquistado diante de José Aldo.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

O confronto era um dos mais aguardados das últimas semanas e foi marcado por provocações de ambos os lutadores antes do embate. Inicialmente, quem iria enfrentar Conor McGregor era o brasileiro Rafael dos Anjos, mas uma fratura no pé o tirou do card.

Diaz foi escalado às pressas e não decepcionou, demonstrando estar em plena forma. Para delírio da plateia que lotou a arena da MGM, em Las Vegas, o norte-americano bradou com o triunfo e chegou a falar alguns palavrões após o anúncio da vitória.

Com o revés de McGregor, a aguardada revanche entre ele e o brasileiro José Aldo pela categoria dos penas deverá acontecer ainda em 2016. Os dois se digladiaram recentemente pelo cinturão da categoria dos peso penas, e o irlandês liquidou com Aldo e somente 13 segundos de duelo, com uma sequência impressionante, levando o rival à lona. Aldo, que durante muito tempo manteve o cinturão, tem mais chances de se vingar de McGregor, mas Frankie Edgar também está cotado para brigar pelo título.

O brasileiro não deixou a oportunidade de provocar o irlandês escapar e o provocou através das redes sociais, o convocando para a revanche, no UFC 200.

Os melhores vídeos do dia

McGregor, por sua vez, na coletiva de imprensa concedida depois da derrota, disse que Aldo merece uma nova oportunidade por ter ficado 10 anos invicto - apesar de "se machucar demais" -, mas que Edgar é um nome que não pode ser descartado, dado os resultados obtidos por ele dentro dos octógonos. Outros brasileiros se manifestaram sobre o resultado do confronto e pontuaram a "soberba" de McGregor, reafirmando que ele precisa a ter mais respeito contra seus oponentes.