O jogo na Argentina, entre River Plate e São Paulo, terminou em 1x1. O resultado não satisfez os argentinos e nem os brasileiros, que, agora, com apenas um ponto na tabela do grupo da Libertadores, precisa, obrigatoriamente, vencer as próximas rodadas para conseguir, ao menos, se classificar na segunda colocação. O tricolor se encontra na terceira colocação do grupo, já o River, com o empate, se distancia do líder, o The Strongest, que dispara na primeira colocação do grupo com seis pontos. Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o último colocado, Trujillanos, em casa. Já o River enfrenta o Strongest, em busca da liderança do grupo.

Publicidade

O Jogo

Antes da partida começar, praticamente todos os comentaristas e cronistas esportivos temiam que o River pudesse ‘desmoralizar’ o São Paulo essa noite, 10. O tricolor, que já vinha de um vexame no Campeonato Paulista, estava desacreditado por todos. Enfrentar o atual campeão da Copa Libertadores das Américas, na Argentina, e em crise, era tarefa híper difícil.

O início do jogo aconteceu como todos esperavam. O River foi para cima, pressionou bastante no campo de defesa do São Paulo e teve alguns momentos que, por pouco, não marcou o primeiro gol.

Após o goleiro Dênis ter feito uma grande defesa no chute de Ponzio, após cruzamento na área, Mora, em outro cruzamento perigoso na área do tricolor, cabeceou a bola na trave. Quase o primeiro gol do time argentino.

Após isso, o São Paulo passou a conseguir um pouco de posse de bola, apesar de ainda errar muito e não conseguir chegar à área do River para dar um chute a gol, as duas primeiras oportunidades feitas por Calleri foram travadas pela zaga do clube argentino. No entanto, isso aconteceu nos 17 minutos, após dois escanteios perigosos, Mercado cometeu falta dura em Carlinhos e o cruzamento para a área do River resultou no primeiro gol, após a bola sobrar para Paulo Henrique Ganso, que fuzilou para dentro do gol na grande área.

Publicidade

0x1.

O gol fez ascender o São Paulo no jogo, que passou a jogar de igual para igual com o River. Porém, aos 32 minutos do primeiro tempo, após cruzamento na área, o goleiro Dênis cometeu falha dando um soco na bola e acertando as costas de Thiago Mendes, que viu a redonda entrar no gol do tricolor. Nos minutos seguintes, o jogo passou a ficar pareio.

Segundo Tempo

O segundo tempo se iniciou igual aos vinte minutos finais do primeiro: São Paulo atacando e se defendendo bem, enquanto o River insistia nos ataques mas se segurava bem na retaguarda.

Não houve mais lances de perigo e o jogo terminou empatado. O River chutou 6 vezes ao gol tricolor, enquanto o São Paulo fez 4 finalizações. Bruno, Diego Lugano, Maicon, Hudson e Ganso foram amarelados do lado tricolor, já o River teve Emanuel Mammana e Ignacio Fernández amarelados.