Neste domingo, o Palmeiras acumulou mais uma eliminação no ano. Depois de ser eliminado da Copa Libertadores da América, foi a vez de dar adeus ao Campeonato Paulista. Desta vez, no entanto, foi de maneira honrosa. Perdendo por 2 a 0 até o final do jogo, o Alviverde conseguiu dois gols com Rafael Marques e forçou a decisão nos pênaltis.

O mesmo Rafael Marques perdeu sua cobrança, assim como Lucas Barrios.

Na última cobrança, por ironia do destino, Fernando Prass acertou a trave e classificou o rival para a final contra o Audax. O Palmeiras só joga oficialmente de novo daqui 20 dias. A estreia do Campeonato Brasileiro está marcada para o dia 14 diante do Atlético-PR.

Mudanças

O treinador palmeirense garantiu após a partida que o plantel passará por mudanças. Com 39 atletas, muitos deverão ser negociados.

Nathan, Fellype Gabriel, Luan, Régis e Thiago Santos devem vestir novas camisas a partir do próximo mês. Sem abrir o jogo, Cuca não adiantou qual será o destino de todos eles.

Além das dispensas, novos reforços devem chegar. Um lateral direito, um meio campo e um atacante podem aparecer durante o período que o Palmeiras não vai jogar. Lucas, que era titular da posição, pode ser negociado como moeda de troca.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

O jogador não vem agradando e a posição conta com Jean improvisado.

Cuca prometeu muito trabalho para montar a equipe que, para ele, levantará o título de Campeão Brasileiro. Assim como na Libertadores, o Alviverde entra forte e como um dos favoritos. No torneio continental, no entanto, acabou sucumbindo pela troca de técnico. Marcelo Oliveira não tinha o grupo na mão e acabou sendo demitido. Cuca, quando assumiu, tinha confronto complicadíssimo contra o Nacional no Uruguai. Era seu segundo dia trabalhando no clube e a vitória era primordial para avançar.

Brasileiro na cabeça

A caminhada para o nono título nacional do Palmeiras começa no próximo dia 14. O duelo contra o Atlético-PR, no Allianz Parque, deve ter o apoio maciço da torcida. O clube, por sua vez, tenta melhorar o relacionamento com a WTorre para conseguir mandar mais jogos em seu estádio. A discussão ainda está na Câmara de Arbitragem da Fundação Getúlio Vargas e não tem prazo para findar.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo