O tempo é o senhor da razão, diz o ditado. E com o São Paulo não foi diferente. Após eliminação precoce no Paulistão e a difícil classificação para as oitavas da Libertadores, o São Paulo deixou a dúvida de lado ao atropelar o Toluca do México por 4 a 0 no Morumbi e se consagrar como um dos fortes candidatos ao título da Libertadores deste ano.

A partida

Mais de 50 mil torcedores estiveram no Morumbi para acompanhar a belíssima vitória do São Paulo sobre o Toluca.

Publicidade
Publicidade

E a torcida compareceu em massa para apoiar o time pois sabia que, pelo menos em tese, não seria fácil, já que o adversário foi o líder do considerado 'grupo da morte', deixando para trás times como Grêmio, LDU (EQU) e San Lorenzo (ARG).  

Contudo, o que se viu foi justamente o contrário. O Toluca desde o início do jogo foi dominado pelo São Paulo e, por sorte (dos mexicanos), o primeiro tempo não terminou com uma goleada, já que foram 72% de posse de bola, 241 passes certos e 20 finalizações do tricolor.

Publicidade

Placar magro para números impressionantes. Os gols da primeira etapa foram marcados por Michel Bastos (aos 27') e Centurión (aos 45').

No segundo tempo, apesar de não construir como no primeiro, o São Paulo foi mais efetivo e Thiago Mendes e Centurión completaram o placar, ambos com assistência de Ganso.

Pós-jogo

Ao sair de campo, ainda no túnel, os jogadores comemoraram muito e falaram sobre a excelente partida. Thiago Mendes ressaltou a qualidade de Ganso e a importância do craque dentro do elenco são-paulino, afirmando também que a torcida teve grande destaque.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Libertadores

Já Rodrigo Caio destacou o espírito de luta do time em marcar 4 gols e não sofrer nenhum. Outro jogador contestado no elenco e que também comemorou muito foi Michel Bastos. O meia enfatizou a superação da equipe e dedicou o gol à família.

Já o craque da partida, Paulo Henrique Ganso, revelou que o São Paulo está aproveitando para crescer na hora certa e que a presença em massa da torcida só transparece que o torcedor do São Paulo vive e respira a Libertadores.

Ressaltou, também, que, apesar da vitória, foi apenas o primeiro passo e que ainda há muito caminho pela frente rumo ao título.

Em coletiva, Bauza destacou a dificuldade do próximo jogo em razão da altitude e da necessidade do adversário de reverter o placar.

Próxima partida

O jogo de volta está marcado para o dia 04 de maio, às 19:15, no estádio 'Nemesio Díez', em Toluca.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo