O Flamengo venceu o Confiança pelo placar de 3 a 0 na noite desta quarta-feira(20), no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, e se classificou para segunda fase da Copa do Brasil.

No jogo de ida da Copa do Brasil, o Flamengo havia perdido para o Confiança por 1 a 0, em  Aracajú (SE), e poderia ser eliminado, pela primeira fez na história, na primeira fase da competição. Na segunda fase, o Flamengo enfrentará o  vencedor do duelo entre Fortaleza e Imperatriz (MA).

O Jogo

Precisando da vitória, o Flamengo foi para cima do Confiança, desde o início do jogo. O Flamengo chegou abrir o placar aos 10 minutos com Cirino, mas o árbitro marcou impedimento no lance. Dois minutos depois, Flávio, do Confiança, pegou sobra na entrada da área e bateu forte, mas a bola foi à esquerda do gol do Paulo Victor. O Flamengo respondeu aos 16 minutos, Mancuello cobrou falta na primeira trave e Arão cabeceou por cima do gol. 

O Flamengo abriu o placar ao 25 minutos, Fernandinho lançou Arão na área, o volante escorou de cabeça e Mancuello, de joelho, mandou a bola para o fundo das redes.

Dez minutos depois, Mancuello cobrou falta no ângulo e o goleiro Rafael Sandes foi buscar e mandou para escanteio. O Flamengo foi para o intervalo vencendo o jogo.

O segundo tempo não foi diferente. O Flamengo continuava pressionando o Confiança. Com 2 minutos da segunda etapa, Mancuello cobrou falta e a bola explodiu no travessão. Aos 8 minutos, Mancuello novamente cobrou falta e obrigou Rafael Sandes a fazer boa defesa.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Flamengo

Logo em seguida, o Flamengo fez o segundo gol, Mancuello cobrou escanteio na primeira trave e Arão desviou e Cirino livre na segunda trave mandou a bola para as redes.

O terceiro gol do Flamengo saiu aos 20 minutos. Arão deu passe espetacular para Cirino, que driblou o goleiro e e mandou a bola para as redes. Alan Patrick, aos 33 minutos, deu belo passe para Guerrero que driblou a marcação e chutou de esquerda para fora, com perigo.

Guerrero teve nova oportunidade, aos 43 minutos, Ederson ajeitou de cabeça na área, mas Guerrero pegou meio lascado na bola que passou rente a trave. 

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo