Depois de enviar Robinho ao Cruzeiro e receber o lateral Fabrício, na troca que envolveu também Lucas por Fabiano, o Palmeiras se viu em uma situação delicada causada pela demora no acordo entre o clube mineiro e o Internacional, dono de parte dos direitos econômicos de Fabrício.

Assim, enquanto os clubes não selavam um acordo, o time paulista manteve o atleta em treinamento, mas não o apresentou, tampouco assinou seu vínculo, bem como não enviou a documentação liberando Robinho para atuar pelo Cruzeiro, a fimde se resguardar e tomar o jogador de volta, caso não houvesse acordo entre o clube mineiro e o gaúcho.

Mas a situação foi resolvida neste fim de semana e, enfim, Fabrício foi oficialmente apresentado pela diretoria Alviverde, na tarde desta segunda-feira (23), depois de entrar em campo contra a Ponte Preta, no sábado, e treinar quase um mês com o elenco principal do Palmeiras.

Aos jornalistas, o jogador, temperamental, teve de responder a muitas perguntas sobre os problemas que teve no Internacional, como, por exemplo, sobre a briga que teve com a torcida colorada quando lhe mostrou o dedo do meio.

Sua passagem no Cruzeiro também entrou na pauta e, demonstrando tranquilidade e maturidade, Fabrício respondeu que, antes de aceitar a proposta do Verdão, teve uma longa conversa com o treinador palmeirense e que fez uma promessa ao professor de que manteria a calma e o foco no Futebol.

Fabrício é um dos jogadores "coringas" do elenco de Cuca; lateral de origem, ele também atua com excelência no meio campo, setor que causou muitos problemas a Marcelo Oliveira por conta do afastamento de Cleiton Xavier e a dificuldade de suprir a ausência com os atletas disponíveis no elenco.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

Sobre a confusão com a torcida do Inter, o jogador se disse arrependido e que o fato nunca mais irá se repetir, ressaltando ser essencial a um time e mencionando que, mesmo após o mal estar em que se envolveu em Porto Alegre, acabou recebendo proposta para defender a camisa do clube mineiro.

Quanto à possibilidade de ser titular no time do Palmeiras, Fabrício afirmou que vai respeitar a decisão do treinador e que não tem pressa para que isso aconteça, pois, no Inter, ficou no aguardo de uma chance durante dois anos.

Canhoto, o atleta assinou vínculo com o time de Parque Antarctica até o fim de 2017, mesmo período em que Robinho deve permanecer no Cruzeiro. Já Lucas e Fabiano, no Cruzeiro e Palmeiras, respectivamente, ficarão até o final desta temporada.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo