Finalmente, o Corinthians conseguiu vencer e convencer. Em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o Timão bateu a Ponte Preta por 3 a 0, nesta quinta-feira (26), em Itaquera. Após a bela vitória, o clube de Parque São Jorge conseguiu se acertar, mas, para contrariar, o assunto mais comentado nesta sexta-feira (27) é a crise que acontece internamente entre os dirigentes, comissão técnica e o presidente.

Confira as principais notícias:

Quase um ano sem perder pelo Brasileirão na Arena

O Corinthians está bem próximo de completar 1 ano de invencibilidade em sua Arena, pois a última derrota alvinegra em casa, quando se trata de Campeonato Brasileiro, aconteceu em 31 de maio do ano passado, após ser batido por 2 a 0 pelo rival Palmeiras. Até agora, o alvinegro fez 19 partidas, somando 16 vitórias e 3 empates, tornando-se quase imbatível em Itaquera. Sua próxima partida como mandante será contra o Santos, no dia 1º de junho.

Bruno Henrique joga bem e vira líder nas estatísticas do Timão

O volante tem 750 passes certos e 40 desarmes no Corinthians. Ao todo, o atleta soma 107 partidas disputadas pelo Timão, sendo 25 jogos neste ano. O jogador vinha sendo criticado pela torcida nas últimas partidas, mas, diante da Ponte Preta, ele surpreendeu a todos com uma boa atuação e marcando um golaço.

Atlético/MG quer o atacante Alexandre Pato

O Galo está procurando um atacante para seu elenco e a busca foi reforçada, após a chegada do técnico Marcelo Oliveira.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Corinthians

O clube está observando Pato desde o fim do ano passado. O único entrave no negócio é o salário do jogador, já que recebe cerca de R$ 800 mil mensais e, para fechar a negociação, o clube mineiro deve arrumar algum empresário ou marca para bancar o atacante, assim como é o caso de Robinho.

Cássio amarga o banco de reservas por não cumprir o combinado

Segundo Jorge Nicola, o goleiro está na reserva por não cumprir o que tinha combinado, ou seja, o atleta afirmou para a diretoria alvinegra que retornaria ao clube no domingo de manhã, coisa que não aconteceu.

Cássio se reapresentou na segunda-feira, junto a todos os outros jogadores, gerando, assim, uma certa desconfiança na cúpula alvinegra. Vale lembrar que o Corinthians quase perdeu o goleiro durante esta confusão.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo