Na noite desta terça-feira (24) se enfrentaram Pumas e Independente Del Valle, pelas quartas de final da Libertadores da América. A partida de volta foi realizada no Estádio Universitário na Cidade do México. Os mexicanos haviam vencido a primeira partida no Equador por 2x1, portanto estavam em vantagem. Esta situação ficou ainda mais favorável quando o argentino Sosa do Pumas marcou dois gols fazendo 2x0 já nos primeiros 15 minutos iniciais de partida.

Publicidade
Publicidade

O Independente acusou o golpe e demorou algum tempo para reagir e por pouco não tomou o segundo gol os mexicanos, principalmente através de Sosa, que aparecia com  velocidade e habilidade pelo lado esquerdo de ataque. Curiosamente, o primeiro tempo terminou com os equatorianos tendo mais posse de bola e mais chutes a gol, mas mesmo assim perdendo a partida porque lhes faltava precisão nos arremates. 

Veio a segunda etapa e o Independente partiu para o tudo ou nada, correndo todos os riscos que uma ação deste tipo implica, principalmente contra um adversário com jogadores rápidos e habilidosos, como os do Puma.

Publicidade

Mas a insistência e a coragem dos jogadores equatorianos acabou rendendo frutos, e conseguiram seu gol aos 21 minutos da segunda etapa através de uma cobrança de falta de Somoza que contou com um  "corta luz" de Mina, que atrapalhou o goleiro adversário. O que o árbitro da partida não percebeu é que Minas estava impedido, portanto o gol equatoriano foi ilegal.

O Independente ainda teve Ayala expulso por falta violenta em Sosa. Nas penalidades os equatorianos venceram por 5x3.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Libertadores

Casualmente o atacante Sosa, que marcou dois gols para o Pumas durante os 90 minutos, foi um dos que errou a cobrança de pênaltis para os mexicanos.

Com a vitória, o Independente Del Valle enfrentará o Boca Júniors pelas finais da Libertadores, em confronto que deve acontecer somente após a Copa América centenária. Esta é a primeira vez que a equipe equatoriana alcança esta fase da competição continental nas quatro vezes em que participou da maior competição das Américas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo