Anúncio
Anúncio

Faltam apenas 92 dias para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 e o comitê Rio 2016 começa a disponibilizar novos lotes de ingressos para diversas modalidades. Nesta quinta-feira, 05 de maio, a partir do meio dia começam a ser vendidos um novo lote de ingressos para as competições de remo, canoagem, ginástica e ainda a apresentação de gala da ginástica, que é muito esperada pelo público.

A ginástica é uma das modalidades esportivas mais procuradas e aguardadas em todos os Jogos Olímpicos. E a partir de hoje será possível adquirir os novos ingressos para ginástica artística, ginástica rítmica e de trampolim.

Os ingressos para remo custam entre R$ 40,00 e R$ 280,00 e serão realizados na Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro.

Anúncio

Para canoagem, os bilhetes podem adquiridos por R$ 40,00 a R$ 260. Já os ingressos para a ginástica os valores oscilam entre R$ 70,00 e R$ 900,00. Os bilhetes serão disponibilizados a partir das 12h de hoje para todos os setores dos Jogos Olímpicos.

Se você ainda não adquiriu seu ingresso para as Olimpíadas, fique ligado no site https://ingressos.rio2016.com/ todas as quinta-feiras são disponibilizados mais lotes de ingressos para os turistas e brasileiros.

No mês de junho também começará a venda de ingressos nas bilheterias das competições e nas cidades do Futebol, que receberão jogos: Belo Horizonte, Brasília, Salvador, São Paulo e também Manaus. Os valores dos bilhetes serão os mesmos nos estádios ou comprando pela internet.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Se você quer assistir as Olimpíadas no Brasil não perca tempo, garanta o ingresso para seu esporte preferido.

Se desejar, também há a possibilidade de trabalhar durante os Jogos Olímpicos. Confira aqui todas as oportunidades de trabalho.

Mais notícias

Entrevista de emprego: conheça as 13 perguntas mais difíceis na Apple

Confira a lista dos 20 melhores países para morar e constituir uma família

Conheça cursos gratuitos e online em grandes universidades brasileiras

Welcome to Canadá: país norte-americano está de braços abertos para imigrantes