O Flamengo terá um desfalque importante para o duelo contra o Grêmio, no próximo domingo, às 16h, na Arena. O técnico Muricy Ramalho teve um quadro de arritmia cardíaca no início dessa semana e teve que ser internado em São Paulo para avaliar melhor a extensão do problema. Ele já está se recuperando, mas segue sem uma previsão exata de quando poderá voltar ao trabalho.

O fato é que ele não integrará a delegação rubro-negra que viajará ao Rio Grande do Sul, onde fará diante do Grêmio a sua segunda partida no Campeonato Brasileiro de 2016. A tendência é que Jayme de Almeida, auxiliar permanente do clube, siga no comando da equipe na beira do gramado.

Nesta quarta-feira, foi Jayme quem comandou o clube na pesada derrota diante do Fortaleza pela Copa do Brasil. Pela primeira vez em toda a história, o Flamengo foi eliminado na segunda fase do torneio. Jogando em Volta Redonda, o Urubu voltou a atuar mal e perdeu por 2x1 – mesmo placar da derrota sofrida no jogo de ida em Fortaleza.

Crise

A crise, por óbvio, começa a rondar o clube. Essa foi a terceira eliminação da equipe na temporada de 2016. Antes disso, havia caído nas semifinais da Primeira Liga e também do Campeonato Carioca, que acabou vencido pelo rival Vasco da Gama.

No Brasileirão, no entanto, o início foi animador. O Flamengo começou com o pé direito no sábado passado ao vencer por 1x0 o Sport Recife, em jogo realizado no Rio de Janeiro. Uma nova derrota, dessa vez no Rio Grande do Sul, poderá abreviar mudanças no futebol do Fla.

Os melhores vídeos do dia