O Palmeiras segue seu planejamento para o ano de 2016. Nesta segunda-feira, a delegação viajou para Atibaia onde inicia a preparação visando a estreia no Campeonato Brasileiro. Sábado, o Alviverde encara o Atlético-PR e terá seu primeiro 'teste de fogo' no nacional. 

O técnico Cuca admite que o Palmeiras não pode perder pontos em casa se quiser ser campeão. Com a meta de levantar a taça, o time precisa somar o maior número de pontos enquanto mandante e tentar vencer jogos fora de casa.

Empates e derrotas até são permitidos, mas longe dos domínios alviverdes. 

Já no interior de São Paulo, o clube deve apresentar três atletas: Yerry Mina, zagueiro do Santa Fé, chega ao Brasil para fazer exames e conversar com os jornalistas. Mas sua estreia oficial deve ocorrer por volta da décima rodada do Brasileirão. É por essa época que a janela de transferências internacionais se abrirá. Juninho, meia do Audax mas que pertence ao próprio Verdão, retorna e se reapresenta. O atleta terá nova oportunidade. 

A grande novidade será o atacante Tchê-Tchê.

Grande destaque do Campeonato Paulista vestindo a camisa do Osasco Audax, o jogador chega para cavar uma vaga na equipe titular. 

E o meia?

Alexandre Mattos está viajando para algumas cidades do Brasil para conversar com empresários e dirigentes de clubes. O executivo está atrás de um meia de qualidade. Na semana passada o nome de Diego Ribas, ex-Santos, foi bastante ventilado no Palmeiras. Por enquanto a informação não se revelou verdade, ou o Alviverde está tratando o negócio com bastante sigilo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

Outros clubes do Brasil também desejam ter Ribas e o negócio dificultou bastante. 

A diretoria entende que Moisés e Cleiton Xavier podem dar conta. Mas a sequência de lesões de ambos trazem uma certa intranquilidade. O Palmeiras se complicou em 2015 após a lesão de Gabriel e não conseguiu mais se recuperar na competição. 

O fato é que Mattos quer trazer algum meia que possa render frutos no futuro.

Grandes contratações foram proibidas por Paulo Nobre, que reafirma querer preservar o próximo presidente. Em dezembro o clube passará por eleições.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo