"Da Silva"... Sim! Um sobrenome popularmente comum, mas em um jogador incomum, Kauê, mais uma das jóias que a base do time do Palmeiras tem revelado nos últimos anos, a exemplo de Gabriel Jesus, Matheus Sales, Vitinho, Augusto e Artur, todos promovidos ao elenco "de cima".

Apesar de ser o homem-gol do time Sub-20, comandado por João Burse - marcou seis gols nesta temporada -, Kauê ainda não teve uma oportunidade no time profissional do Palmeiras, comandado por Cuca, mas, certamente, logo a terá.

Em setembro do ano passado, o então técnico palmeirense Marcelo Oliveira, atualmente no Clube Atlético Mineiro, treinou e inscreveu a dupla do Sub-20, Kauê e Arancíbia, para o confronto contra o Internacional, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro 2015, mas os dois permaneceram no banco naquela ocasião.

O goleador da base Alviverde tem 19 anos e balançou as redes seis vezes nesta temporada: ele marcou três gols na Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha, e ainda serviu seus companheiros para que fossem anotados mais três tentos. No Campeonato Paulista Sub-20, Kauê tem dois gols, mas pode-se dizer que são três, já que o que não lhe é conferido saiu de seus pés em um passe perfeito, daqueles que "só não faz quem não quer".

Diante de toda essa excelência, a diretoria palmeirense se adiantou e renovou seu contrato, que venceria em 2017, para mais uma temporada, fazendo com que seu vínculo com o time das Perdizes termine apenas no fim de 2018.

Sobre a negociação, o atleta, desde 2011 no Verdão, disse que ficou feliz e que trata-se de uma realização poder servir o Palmeiras, clube ao qual ele se diz muito grato, devido ao apoio que recebeu em sua carreira.

Os melhores vídeos do dia

Kauê disse ainda que, claro, almeja uma oportunidade no elenco profissional e que pretende deixar um legado no Alviverde Imponente.

Com a camisa do Verdão, Kauê conquistou o Campeonato Paulista Sub-13, em 2010; a Copa do Brasil Sub-15, torneio no qual o Palmeiras sagrou-se campeão invicto, em 2012; a International Cup Sub-17, disputada no Qatar em 2013; e o torneio Aspire Tri-Series Sub-17, em 2014, também disputado em terras árabes.