Intitulada "Brasil deve cancelar os jogos porque ninguém quer morrer assistindo", uma animação em vídeo, publicada no YouTube pelo site Tomo News, de Taiwan, satiriza a realização dos Jogos Olímpicos Rio 2016 que acontecerão, entre os dias 5 e 21 de agosto, na capital fluminense.

Esta é a segunda vez que os taiwaneses fazem piada com o Brasil. Em fevereiro, o mesmo canal publicou outra animação simulando atletas das atividades aquáticas passando mal, vomitando e defecando, em decorrência da água da Baía de Guanabara, completamente poluída na imagem criada pelos asiáticos.

Agora, os focos da paródia são as obras precariamente realizadas para o evento, como a ciclovia Tim Maia, que desabou em abril passado; o Zika Vírus, cuja transmissão por relação sexual é ilustrada no vídeo e a violência na cidade do Rio de Janeiro.

O início da animação exibe uma galinha sendo perseguida por bandidos enquanto corre segurando a tocha olímpica. A ave faz alusão ao filme Cidade de Deus, gravado nos morros cariocas. Em outro take, atletas são assaltados e assassinados em pleno pódio e, em seguida, vem a queda da ciclovia com dois ciclistas sendo arremessados ao ar e passando pelo Cristo Redentor que junta suas mãos ao rosto e chora. Também é feita nova piada sobre as águas fluminenses e o vídeo se encerra com um casal praticando sexo enquanto desenho do mosquito transmissor do Zika Vírus aparece e bebês com microcefalia são espalhados por um mapa mundi.

Enquanto são exibidas as imagens, a narração sugere que atletas e turistas devem optar pelos riscos de assaltos ou assassinatos e ainda afirma que, se não forem mortos por criminosos, podem ser vítimas das ciclovias que se desmancham com as ondas ou morrerem pela poluição das águas.

Os melhores vídeos do dia

A escolha da cidade do Rio de Janeiro para sediar os jogos da XXXI Olimpíada aconteceu em 2009, durante a realização da 121ª Sessão do COI, o Comitê Olímpico Internacional. O acontecimento se deu na capital dinamarquesa, Copenhague, sendo a primeira vez que o Comitê definiu um país da América do Sul como anfitrião dos jogos.