O líbero Serginho da seleção brasileira de vôlei deu uma entrevista dizendo que a vontade dele é jogar fora do país, pois ouvir as torcidas adversárias xingando, favorece mais ansiedade e uma busca maior pelo resultado. Serginho tem 40 anos e fará a sua última Olimpíada. Ser campeão será fantástico para o atleta, pois jogará em casa e uma medalha de ouro é muito bem vinda. De acordo com Serginho, o Brasil não é favorito. Mesmo jogando em casa, o retrospecto do time brasileiro é forte fora de casa, onde conseguiu inúmeros títulos. Segundo Serginho, esse histórico negativo de perder em casa tem que ser apagado nessas olimpíadas no Rio de Janeiro.

O jogador também fez algumas críticas à nova geração do vôlei, dizendo que é a pior que já viu. O Brasil precisa de talentos novos, com 18 e 19 anos, o que não está acontecendo. O país está com uma base pobre de garotos e a geração que está vindo está bem abaixo das outras. Serginho disse que o Brasil precisa de jogadores habilidosos e não apenas com força física.

Paulo Skaf

O jogador brasileiro disse que ele tem uma ligação muito forte com o presidente da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf. Serginho comentou que Skaf é uma pessoa do bem e sabe muito de política e já fez bastante pela educação no Brasil. Skaf é transparente e uma pessoa de fácil acesso. O atleta revelou que já brincou várias vezes com Skaf chamando-o para comer um churrasco em sua casa, "com certeza logo ele vai aparecer lá em casa", terminou Serginho.

Os melhores vídeos do dia

Usain Bolt

Sempre existiu um contato bem legal entre a gente e o pessoal do atletismo, falou o jogador. Em conversa com Vicente Lenílson (Velocista Brasileiro), Serginho perguntou sobre as chances de vencer as olimpíadas, na época em Pequim. Vicente ressaltou que tem um jamaicano que era muito bom e corre muito. Lenílson falou que ele era meio ruim de saída, mas depois engrenava e ninguém segurava mais. Bolt venceu a prova na época e confirmou o que Vicente comentou com Serginho. Hoje Usain Bolt é o atleta mais rápido do mundo.