Depois de muito mistério para o anúncio de Tite para a vaga de Dunga, demitido do comando da Seleção Brasileira nesta terça-feira (14), Roberto de Andrade, presidente do Sport Club Corinthians Paulista, confirmou o que toda a imprensa esportiva já esperava.

A Confederação Brasileira de Futebol ainda não oficializou a contratação de Tite, mas já revelou a parceiros e patrocinadores que o gaúcho será o novo treinador da seleção.

Na tarde desta quarta-feira (15), o presidente corintiano declarou que foi a primeira pessoa a quem Tite comunicou sua decisão de deixar o time de Parque São Jorge, para treinar a seleção nacional.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Corinthians

Ainda segundo o mandatário alvinegro, a notícia o surpreendeu já que ele acreditava que o técnico não aceitaria o convite da CBF.

Roberto de Andrade adiantou que ainda não tem nomes para a substituição do treinador mas que já começa a pensar, de forma imediata, em possibilidades.

Além de Tite, o Corinthians também ficará sem Edu Gaspar, gerente de futebol; Matheus Bacchi e Cleber Xavier, auxiliares técnicos; Mauri Lima, preparador de goleiros; Fábio Mahseredjian, preparador físico e Fernando Lázaro, analista de desempenho.

Sem mágoas

Andrade disse que, apesar da surpresa decepcionante, não ficou chateado com a escolha de Tite e aproveitou para agradecer e elogiar o trabalho realizado pelo treinador  no comando do Corinthians.

Porém, o presidente corintiano não escondeu ressentimentos com a CBF, quando afirmou estar 'puto' com a entidade. Isto porque a Confederação Brasileira já vinha, há tempos, investindo para contratar Tite.

Na noite desta terça-feira (14), o agora ex-treinador corintiano deixou a reunião que teve com Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, sem dar entrevistas.

Os melhores vídeos do dia

Ambos conversaram por cerca de três horas, mas Tite deixou para responder a Del Nero após conversar com a cúpula corintiana e com sua família, o que só aconteceu nesta quarta-feira.

Fábio Carille, auxiliar técnico do Corinthians, comandará o time interinamente até a contratação do substituto de Tite.