Se por aqui o atacante é esperado com grande expectativa de que será ele o goleador do clube Alvinegro, do Chile vem à certeza de alguns que acreditam que, por aqui, Canales não terá sucesso. Não, o talento inquestionável do atleta nada tem haver com isso, mas sim as condições físicas, somadas à idade de 34 anos, fazem com que, para alguns, seja certo que por essas bandas o atleta não irá vingar.

Para entender esse pessimismo (ou realismo) por parte desses, é necessário que se leia o que fora dito pelo médico Fernando Radice, chefe do departamento médico da La U e da seleção chilena.

Em entrevista concedida diretamente dos Estados Unidos, o médico disse que: “Canales é muito bom jogador, e muito profissional, mas sua condição física não o vai permitir aguentar o ritmo de alta exigência no Brasil”.

E não foi só isso que o ex-médico do atleta falou. Quando questionado sobre o tratamento que o jogador vem recebendo no Brasil, e sobre a sua eficiência, Dr. Fernando Radice disse que trata-se de um bom tratamento, mas que o departamento médico do clube terá que ter cautela e paciência, pois é muito provável que o atleta jogue umas sete ou oito partidas e volte a sentir dores e queixar-se dos mesmos problemas.

Dr. Radice deu demonstrações de que se trata de um problema crônico.

E como no meio médico sempre é pedido uma segunda opinião, nós fomos atrás dessa, mas não obtivemos sucesso. Quando o coordenador médico do Botafogo, Luiz Fernando Medeiros, foi procurado para esclarecer esses pontos sobre Canales, o médico limitou-se a dizer que tudo o que tinha para falar sobre o jogador já foi dito.

O Botafogo não tem revelado muito sobre a real situação de Canales.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

O atleta chegou ao clube e foi direto para o departamento médico. Na semana passada, em uma coletiva, a cada pergunta que era feita sobre o atacante, olhares eram trocados. A impressão que fica é que Canales está se tornando uma espécie de “tabu” dentro do clube, ou como alguns tem preferido dizer, “trata-se de um atleta que chega blindado”. Seja como for, antes que seu contrato fosse assinado, Canales passou por exames.

Agora resta saber se a confiança ofertada pelo clube carioca irá silenciar os pessimistas (ou realistas) chilenos, ou não.

O Botafogo, lanterna do Brasileirão, joga o próximo jogo em casa. Será nesta quarta-feira (15), contra o América-MG.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo