O site espanhol futbol.as divulgou uma matéria do portal Finance Football detalhando os salários mensais e anuais de todos os treinadores das equipes da Copa América Centenário. No levantamento pode-se observar algumas surpresas onde técnicos consagrados com passagem brilhantes por clubes e seleções europeias ganhando menos do que alguns treinadores de selecionados de segunda linha da América do Sul.

Pois a informação que pode causar estranheza para alguns, principalmente para os seus tantos críticos, é o fato de que o técnico mais bem pago da Copa América é o brasileiro Dunga que recebia 225 mil euros mensais, algo em torno de 600 mil reais pelo câmbio de hoje. Por ano este valor chegava a 2 milhões e 700 mil euros. Isto é mais do que ganha o consagrado Jürgen Klinsmann que treina a Seleção dos EUA.

O alemão ocupa o segundo lugar desta lista com 2 milhões e 300 mil euros por ano.

Outro técnico com um bom salário e de uma seleção eliminada da Copa América Centenário, assim como o selecionado de Dunga, é Ramón Díaz, que treinou o Paraguai e acabou se demitindo após a eliminação da sua equipe na competição. O argentino ganhava 1 milhão e oitocentos mil euros por ano. Este valor é igual ao seu consagrado compatriota, ex-treinador do Barcelona e agora técnico da Argentina na Copa América.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Seleção Brasileira

E a última das surpresas nesta lista de salários de técnicos fica por conta de dois treinadores que trabalharam em equipes brasileiras, Ricardo Gareca e Juan Carlos Osório. O primeiro treinou o Palmeiras onde não obteve muito sucesso e acabou sendo demitido, enquanto que o segundo foi técnico do São Paulo de onde se demitiu para treinar a Seleção Mexicana. Pois mesmo treinando a modesta seleção peruana que eliminou a brasileira na competição, Gareca 350 mil euros a mais por ano do que Osório.

De posse destas informações alguns setores da imprensa esportiva e torcedores brasileiros que queriam a demissão de Dunga irão dizer que na relação custo-benefício o salário pago ao ex-técnico da Seleção Brasileira foi um desperdício. No entanto, não é o que pensa Pelé. O Rei do Futebol chegou a declarar que o técnico brasileiro foi injustiçado e o que lhe faltou foi apenas tempo para treinar a Seleção.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo