Além de se manter próximo do bloco da frente do Campeonato Brasileiro, o Fluminense tem mais um motivo para tentar uma vitória sobre o Atlético-MG no confronto desta quarta, às 21h45 (de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte, pela quinta rodada da competição de 2016. Há dez jogos que o Tricolor não sabe o que é derrotar a agremiação mineira. A última vez foi no segundo turno da vitoriosa campanha do Brasileirão de 2010.

Naquela ocasião, Leandro Euzébio, Carlinhos (2), Gum e Marquinhos asseguraram a goleada de 5 a 1 dos então comandados pelo técnico Muricy Ramalho, em partida realizada no Engenhão. Daniel Carvalho, cobrando falta, descontou para o Galo, na época dirigido por Vanderlei Luxemburgo. De lá para cá, o Atlético-MG venceu seis partidas e houve ainda quatro empates.

No cômputo geral, a vantagem também é mineira.

Ao longo das competições, ambos se enfrentaram por 85 ocasiões e o Atlético-MG venceu 35, o Flu saiu de campo com o placar favorável em 26 ocasiões, além de 24 empates. Nesses duelos, o Galo marcou 133 gols, enquanto o Tricolor balançou as redes 120 vezes.

Nunca aconteceu uma final entre os rivais, porém, em 2012, eles foram os protagonistas daquele Campeonato Brasileiro e, mesmo sem ter vencido o adversário nos dois encontros (0 a 0 no Rio e derrota de 3 a 2 em Belo Horizonte), o Fluminense acabou tendo maior regularidade e carregou mais um troféu para o Salão Nobre das Laranjeiras.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

A resposta alvinegra veio na temporada seguinte, quando, sob o comando do então técnico Cuca e a batuta de Ronaldinho Gaúcho, alcançava, debaixo de muita dramaticidade, a inédita Taça Libertadores da América, título que o Tricolor ainda não possui.

Na Série A do ano passado, o Atlético-MG levou a melhor nos dois encontros. No Mané Garrincha, em Brasília, mesmo amargando uma recente eliminação da Taça Libertadores, os mineiros não tomaram conhecimento e aplicaram sonoros 4 a 1 na agremiação das Laranjeiras.

No Maracanã, o duelo teve um pouco mais de equilíbrio, no entanto, o Galo voltou para a Terra das Alterosas com um triunfo de 2 a 1.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo