Parece que o vexame dado pela Inglaterra na última segunda-feira (27) pela Eurocopa continuará rendendo manchetes negativas por muito tempo na Terra da Rainha. O novo capítulo da história foi escrito pelo polêmico Joey Barton. Atualmente defendendo o Burnley, clube de divisão inferior da Inglaterra, Barton é um conhecido falastrão do Futebol mundial, e já fez duras críticas à Neymar e Seleção Brasileira, por exemplo.

Após a derrota da seleção de seu país por 2 a 1 para a Islândia, pelas oitavas-de-final da Eurocopa 2016, Joey Barton não poupou ninguém do elenco dos Três Leões.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

"A Inglaterra está pagando por um problema cultural. Hart (goleiro), por exemplo, aparece no intervalo em comerciais de shampoo. Como isso ajuda a vencer? Eles apenas pensam em ganhar dinheiro, não em ganhar jogos.

Isso não iria acontecer se existisse uma verdadeira cultura vencedora", afirmou o meia. 

Não somente os jogadores e cultura futebolística atual do país foram criticados pelo jogador. Ele também fez duros comentários ao treinador do selecionado nacional, Roy Hodgson - que foi demitido após a eliminação. Joey também questionou a forma como a Federação Inglesa de Futebol seleciona os encarregados para comandarem o time nacional em competições importantes. 

"Existem muitos erros nesse time, mas o principal deles é o treinador. Ele se demitiu agora, como já devia ter feito após a Copa do Mundo. Hodgson deve levar a responsabilidade. A Federação Inglesa quer dar a seleção para técnicos do país, mas eles são fracos. Costumam ser sempre ex-jogadores que viraram técnicos muito rápido. Ser um bom jogador e um bom técnico são duas coisas diferentes", afirmou o meia em desabafo sobre a situação da seleção, que acumula fracassos ao longo dos últimos anos. 

Joey Barton ficou conhecido no Brasil por fazer duras críticas ao jogador Neymar, dizendo que o atleta brasileiro, e um dos craques do Barcelona, era mais mídia do que futebol de fato.

Os melhores vídeos do dia

As atuações de Neymar pelo clube catalão, e por consequência na Seleção Brasileira, fizeram com que Barton tivesse que se retratar e entregar-se ao futebol do craque brasileiro.