O lateral direito Fagner, do Corinthians, vem demostrando nos últimos meses um bom Futebol. Antes criticado por não ajudar a equipe na parte defensiva, agora, ele já conseguiu corrigir esse erro, no entanto, ainda não teve oportunidade na Seleção Brasileira de Dunga. Mas agora, no comando de Tite, o lateral deve fazer sua estreia junto com seu ex-técnico no dia 2 de setembro. Rapidamente, o Timão já ligou o sinal de alerta e já está à procura de um lateral direito que possa suprir essa necessidade.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Atual analista do Timão, Mauro da Silva revelou que quando Tite trabalhava no Parque São Jorge, já havia se manifestado em relação a convocação do atleta para a Seleção.

O presidente Roberto de Andrade está convicto de que Fagner vai ser convocado por Tite em diversas oportunidades, assim, o Corinthians não poderia contar com o lateral em várias partidas seguidas. Responsáveis do departamento de futebol alvinegro já estão autorizados à iniciar uma busca no mercado da bola, mas a ideia é contratar alguém que consiga substituir Fagner à altura, pois no banco de reservas o clube paulista já pode contar com Léo Príncipe, que retornou após seu empréstimo ser finalizado com o Oeste, de Itápolis, e não agrada a equipe paulista.

O primeiro jogo de Fagner pela Seleção deve acontecer já nas Eliminatórias. Dunga costumava convocar para essa posição o titular Daniel Alves, seguido por Fabinho e Danilo. Agora, com um novo comandante, tudo pode se inverter, pois já estima-se que a lateral direita tenha um novo dono.

Os melhores vídeos do dia

Pessoas que convivem com o lateral corintiano já afirmam que ele será chamado por Tite e deve ser um novo rosto na Seleção. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ainda no comando de Dunga, divulgou uma pré-lista de 39 atletas, lá já constava o nome de Fagner, mas ele não conseguiu atuar e nem ser relacionado para alguma partida oficial da Seleção.

Mesmo sem ser convocado, ele já havia recebido sondagens de clubes do exterior, mas agora, com a possível convocação, é esperado que chegue alguma proposta de forma oficial de grandes clubes da Europa.