Adotando o mesmo critério que já foi visto no jogo anterior, o comandante Oswaldo de Oliveira poupou seus titulares de terem que treinar no campo. Nesta sexta-feira o time principal limitou-se a ficar na academia. Esta foi a mesma metodologia utilizada por Oswaldo no jogo contra o Santa Cruz. Preocupado com o esgotamento físico, o técnico tem feito desse recurso sua estratégia. Estratégia essa que deu certo, visto que no jogo contra o Santa Cruz o Sport conseguiu vencer o embate com o resultado de 1 a 0 trazendo alegria a sua torcida.

Outra decisão do comandante é a de manter a mesma escalação do jogo passado. Esta será a segunda vez em que o Leão pernambucano repetirá a escalação três vezes seguidas. Oswaldo de Oliveira em entrevista explica que repetir a escalação é muito importante pois ajuda a entrosar a equipe. Fez a ressalva de que se preocupa com o desgaste dos atletas, mas lembrou que esse é o momento em que cada um está sendo avaliado de perto, disse que se não houver problema algum, o mesmo time de quarta-feira entrará em campo no domingo.

Lembremos a escalação começando pelo gol: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Serginho, Gabriel Xavier, Diego Souza e Everton Felipe; Edmilson. Ainda na entrevista já citada aqui, Oswaldo de Oliveira falou que o atual time tem a cara do clube e não a sua cara. Para Oswaldo a identidade que se vê é aquela ainda de um Sport que teve vários treinadores. Oswaldo falou que ainda se depara com características deixadas por Eduardo Baptista, Falcão e Thiago Gomes, mas falou que aos poucos irá imprimir sua forma no time.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

No jogo contra o Santa Cruz, o comandante conseguiu sua primeira vitória na Série A do Brasileirão, e encerrando a entrevista Oswaldo de Oliveira trouxe a realidade como escopo de sua fala final. Para o treinador sempre haverá de ter bons e maus momentos, porém ressalta que não pode-se focar naquilo que é passageiro. Para o comandante tanto a vitória quanto a derrota trazem um tipo de ambiente para o time, então é necessário que o time aprenda a conviver com as críticas e com as vitórias.

Oswaldo encerra dizendo que resultados bons só virão quando se aprender a trabalhar em toda e qualquer situação. Em sua ultima análise diz que é preciso aprender a manter um nível elevado, um nível que mantenha a equipe vitoriosaem meio as adversidades.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo