Anúncio
Anúncio

O ABC de Braga conquistou o campeonato português de handebol mas, contrariamente ao previsto, não ganhou entrada direta na Liga dos Campeões. No ano passado, com as novas mudanças na prova principal de equipes na Europa, o campeão FC Porto passou diretamente para a fase de grupos. Agora, o ABC terá que fazer uma qualificação mas os motivos da Federação Internacional de Handebol não estão caindo bem, entre os torcedores do time. O ABC é o time português com melhor histórico na Liga dos Campeões mas a EHF fala em outros motivos, colocando em causa o menor orçamento do ABC, para disputar essa prova. 

Além de ser campeão de Portugal, o ABC também ganhou uma prova europeia, a Taça Challenge, o que lhe deveria ter permitido somar mais pontos para o ranking de Portugal.

Anúncio

Apesar de todos esses feitos, o time que na época anterior também tinha chegado longe na Europa, com a final da Challenge, não teve seu estatuto reconhecido internacionalmente. De acordo com o jornal O Jogo, outros fatores foram pesados pela EHF, para lá dos esportivos. 

Nessa época, a EHF analisou as condições que cada time poderia oferecer, incluindo o pavilhão, número de torcedores, quantas vezes passam seus jogos na televisão e até o valor de marketing. O ABC de Braga está se preparando para realizar uma nova reestruturação no pavilhão Flávio Sá Leite e tudo deveria ficar pronto a tempo para a Liga dos Campeões. Agora, tudo muda e o clube vai sofrer uma forte contrariedade para a nova temporada, uma vez que estavam contando em entrar logo na fase de grupos da mais importante prova da Europa. 

O ABC é o time português com o melhor histórico nas provas europeias, tendo já jogado uma final da Liga dos Campeões, em 1994.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Na última temporada, conseguiu ganhar seu primeiro título europeu, a Taça Challenge, mas foi já a quarta final europeia que o time de Braga jogou. 

Agora, o ABC terá que jogar uma fase de qualificação com outras três equipes, ainda a sortear. Somente o vencedor do grupo vai avançar para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Nessa qualificação entram, além de o ABC, o Tatran Presov, Red Boys Differdange, Achilles Bocholt, Cocks, Maccabi Castro Tel Aviv, Gorenje Velenje e o Bregenz Handball

Também o Saint-Raphael, da França, tem razões de queixa. O time francês foi vice-campeão na França, o que deveria chegar para entrar na Liga dos Campeões. No entanto, vão ficar de fora. Mas, Montpellier e Nantes, que ficaram pior classificados, já estão na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Anúncio

Tal como o ABC, também o Saint-Raphael se arrisca a ficar de fora por ter uma menor dimensão econômica, apesar de os melhores resultados esportivos. 

E o leitor, o que pensa dessa situação? Considera que a EHF está sendo injusta com essas equipes? Deixe sua opinião!