Devido à impossibilidade de poder atuar no Rio de Janeiro durante o mês de agosto por conta da realização das Olimpíadas, atendendo a um pedido do Grupamento Especial de Policiamento de Estádios (GEPE), o Fluminense conseguiu, após longa reunião com a diretoria da CBF nesta terça-feira (26), adiar o confronto do próximo dia 3, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, no Grande Rio, diante do Figueirense, válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal PaixãoPorFutebol

A partida foi remarcada para 3 de setembro, no mesmo local, às 16h (de Brasília). A escolha dessa data veio porque, no referido final de semana, o Brasileirão estará paralisado para mais uma rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Além do Figueirense, o Flu terá, em agosto, dois jogos em casa. No dia 14, o adversário será o América-MG. Já no dia 28, o duelo será contra o Palmeiras. Essas partidas, ao que tudo indica, serão transferidas para outras cidades do território brasileiro. Cariacica, no Espírito Santo, e Brasília surgem como opções.

Desde quando o Maracanã ficou reservado aos Jogos Olímpicos do Rio, o Fluminense é um dos que vem mais sofrendo para exercer os seus mandos de campo. Durante o Campeonato Carioca e a Primeira Liga, o Tricolor recorreu a uma espécie de "Bye-Bye Brasil" para cumprir a agenda de jogos.  O Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, a Arena da Amazônia, em Manaus, o Kléber Andrade, em Cariacica, o Mário Helênio, em Juiz de Fora, o Mané Garrincha, em Brasília e a Arena das Dunas, em Natal, foram as principais escolhas da agremiação das Laranjeiras durante a atual temporada.

Os melhores vídeos do dia

Insatisfeito com essa situação, o presidente do clube, Peter Siemsen, durante a inauguração do Centro de Treinamento, ocorrida na última semana, reafirmou que existe um projeto de construção de um estádio próprio. O local seria erguido na Barra da Tijuca, na região onde foi construída a Vila Olímpica.

Com o adiamento do jogo diante do Figueirense, o "até breve" do Fluminense a Édson Passos será no domingo, contra a Ponte Preta.