Ele deixou o Palmeiras, depois de um tumultuado período de negociações, com o coração apertado pois, segundo disse em entrevistas concedidas na época, queria permanecer no Alviverde. Mas Alan Kardec acabou mesmo "pulando o muro" da Academia de Futebol da Barra Funda para o CT vizinho, do São Paulo Futebol Clube onde chegou, com status de craque, em maio de 2014, para ficar por cinco temporadas. Mas o prestígio do atacante caiu com tantas oscilações e com a chegada do centroavante argentino Jonathan Calleri, em janeiro de 2016.

Com Calleri em campo, Kardec passou a ser opção de Edgardo Bauza em algumas poucas oportunidades, geralmente quando o treinador escalava time reserva para poupar o elenco principal como fez nesta edição da Copa Libertadores da América. Certamente a situação deve ter gerado insatisfação no jogador que, representado pelo pai, acertou sua transferência para o futebol chinês nesta sexta-feira (15).

Desde que a saída do argentino tornou-se inevitável, o clube tinha em mente a devolução da vaga de titular no time a Kardec.

No último domingo, na partida contra o América-MG pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi, o jogador marcou dois gols na vitória do São Paulo por 3 a 0.

Mas as esperanças da diretoria são-paulina de manter Alan Kardec, cujo vínculo se encerraria em maio de 2019, caíram por terra com a oferta do Chongqing Lifan, da China, que acertou com o brasileiro quase no último minuto antes do encerramento de transferências de jogadores estrangeiros para o futebol chinês.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

Agora, a diretoria do São Paulo tem mais um problema para a sequência da temporada e precisa reestruturar seu elenco o mais rápido possível.

Ganso está de saída para o Sevilla, da Espanha, informação confirmada nesta semana pelo próprio presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Calleri tinha contrato apenas até o fim deste mês e como foi convocado para se unir à delegação da seleção da Argentina nos jogos olímpicos Rio 2016, já se despediu dos companheiros do Morumbi e partiu para seu país.

Rodrigo Caio, também convocado para atuar nas olimpíadas pela Seleção Brasileira, provavelmente não permanecerá no tricolor paulista, pelo menos é o que dizem nos bastidores.

A diretoria do Soberano está em vias de anunciar a contratação de Gilberto, atacante de 27 anos que estava no Chicago Fire, dos Estados Unidos, e que passou por Portuguesa, Vasco e Internacional. O vínculo entre atleta e clube deve ser de uma temporada e meia, encerrando-se no fim de 2016.

O atacante Milton Caraglio, do Vélez Sársfield, e o lateral-direito Buffarini, do San Lorenzo, são outros dois nomes sugeridos pelo técnico do São Paulo para reforçar o time. A diretoria tricolor tem até a próxima terça-feira (19), dia em que fecha a janela de transferência de jogadores para o Brasil, para oficializar as negociações com os argentinos.

Para cobrir a lacuna deixada por Ganso, Hernanes, meia que se destacou no clube e ganhou o carinho da torcida, pode voltar.

Atualmente o pernambucano está na Juventus-ITA, time que admite a possibilidade de emprestar o atleta para o Benfica, de Portugal, ou para o São Paulo. Porém, os portugueses foram os primeiros a manifestar interesse no jogador e por isso tem a preferência na negociação, embora possam perder a possibilidade de contar com o brasileiro em seu elenco se o time paulista oferecer melhor proposta salarial.

De qualquer forma, Cueva é cotado para a vaga do Maestro no elenco principal do tricolor paulista já que Daniel perdeu chances por ter caído de produção.

Enquanto a diretoria sofre com desfalques e com a pressão por contratações rápidas, dentro de campo o foco fica por conta do Majestoso, como é chamado o clássico entre Corinthians e São Paulo. As equipes se enfrentarão pela 15ª rodada do Brasileirão no próximo domingo (17), às 16h na Arena de Itaquera.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo