Nos últimos meses, o Fluminense mostrou força no mercado e apresentou um pacote de seis contratações. Para o meio, chegaram Danilinho (ex-Atlético-MG), Marquinho (campeão brasileiro pelo próprio Tricolor em 2010 e que volta depois de seis temporadas no Futebol do exterior [Itália e Arábia Saudita]), o argentino Claudio Aquino (ex-Independiente) e o paraguaio Alexis Rojas, revelação do Sportivo Luqueño, agremiação daquele país.

Os atacantes Wellington (formado nas categorias de base do time carioca e, há seis anos, na Inglaterra) e Henrique Dourado (ex-Palmeiras e Cruzeiro) completam a lista de novidades.

Publicidade

No entanto, segundo o diretor-executivo de futebol da agremiação das Laranjeiras, novos reforços não estão descartados.

"O Fluminense está sempre atento ao mercado. Se surgir uma boa oportunidade, vamos trazer. Ainda mais que a janela de saída ainda está aberta. Queremos jogador que venha para jogar, não só para agregar", garantiu, em entrevista concedida na última segunda, o dirigente, assegurando também que um futuro investimento seria em jogadores capazes de assumir a titularidade.

"No primeiro momento, fizemos três primeiras contratações (Dudu, William Matheus e Maranhão) para suprir algumas saídas.

Agora já trouxemos jogadores que vão buscar a titularidade e nosso pensamento é buscar esse perfil", complementou.

Uma dessas novidades veio já nesta quinta. Depois de uma longa negociação, o meia Junior Sornoza, destaque do Independente Dell Valle, do Equador, atual vice da Taça Libertadores da América, acertou um vínculo de três anos com o Fluminense. Por conta do fechamento da janela de transferências internacionais no futebol brasileiro, ele só virá para as Laranjeiras em janeiro de 2017. Outro nome falado nos bastidores do clube é o apoiador argentino Jesus Dátolo, formado no Boca Juniors e, desde 2008, atuando no Brasil, primeiramente ao Internacional, antes de seguir para o Atlético-MG, equipe que defende até hoje.

Publicidade

Após garantir vaga nas oitavas-de-final da Copa do Brasil na última quarta (vitória de 2 a 0 sobre o Ypiranga-RS, em Erechim), o Fluminense volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Somando 21 pontos e  em 12º lugar na classificação, o Tricolor encara, no domingo, às 11h (de Brasília), a Ponte Preta, no estádio Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, região metropolitana do Rio de Janeiro.