Na tarde dessa sexta-feira (29), um princípio de incêndio na Vila Olímpica, zona oeste do Rio de Janeiro, onde estão hospedados os atletas da delegação australiana, assustou todos os atletas que participarão dos jogos olímpicos Rio 2016. O prédio teve que ser evacuado, e os seguranças tiveram que se movimentar e guiar os atletas para as escadas cheias de fumaça, segundo informação dos bombeiros que estiveram presentes no local.

As informações preliminares são que o fogo já foi controlado pelas equipes de bombeiros que atenderam a ocorrência. De acordo com declaração dada inicialmente pelo diretor de comunicação do comitê Rio 2016, Mario de Andrada, ao site do jornal “O Globo”, o fogo iniciou no subsolo do prédio onde estavam hospedados os australianos.

Por sorte, o fogo não chegou a afetar as instalações elétricas do prédio, algo que poderia ter agravado e tornado o incêndio incontrolável. Tampouco labaredas foram observadas, apenas a fumaça que impressionou tanto, que levou, por medida de segurança, a decisão de evacuação completa do prédio.

Ainda não foram constatadas oficialmente pelo Comitê Rio 2016 quais foram as causas do incêndio, mas o comitê informou que tudo já está sob controle e os atletas já foram novamente alojados em seus respectivos apartamentos.

Australianos já haviam criticado instalações olímpicas no domingo

A delegação australiana chegou à vila olímpica, no último domingo, e diversas reclamações foram feitas por atletas e dirigentes que se alojaram nos apartamentos. Os australianos reclamaram que encontraram defeitos nas instalações de gás, hidráulicas e elétricas dos apartamentos.

Os melhores vídeos do dia

Alguns atletas chegaram a dizer à imprensa que os quartos eram “inabitáveis”, dizendo que os sanitários estavam entupindo, que existia fiação exposta, vazamentos em tubulações, escadas com iluminação escassa e pisos sujos. Diante dessa listagem de problemas apresentados, os dirigentes da delegação acharam mais seguro hospedar seus atletas em um hotel fora da vila olímpica.