Quando chegou, o volante Gabriel prontamente tomou seu espaço no time titular. Ainda com Oswaldo de Oliveira, o volante ganhou apelido carinhoso da torcida: 'Pitbull'. Não deixava passar nada e ainda era o verdadeiro 'cão de guarda' da defesa palmeirense.

Uma lesão, porém, afastou Gabriel por um bom tempo. O time sentiu e teve que procurar outras possibilidades. Na época do ocorrido, Alexandre Mattos, executivo de Futebol, correu atrás de um substituto e trouxe Thiago Santos do América-MG.

Nos números, Santos era o maior ladrão de bolas da Série B de 2015.

O técnico Cuca deve relacioná-lo para enfrentar o Botafogo-RJ, no próximo domingo, no Rio de Janeiro. Gabriel veio do time carioca e deve reestrear contra seu ex-clube. O atleta entende como um momento especial e não guarda mágoas da antiga diretoria do Bota, que fez 'jogo duro' pela sua saída e só permitiu a rescisão com apoio da Justiça.

Enquanto esteve fora, Gabriel viu o Palmeiras se reforçar bastante para o setor. Tchê Tchê, Thiago Santos e Matheus Salles (subiu da base) supriram a falta do jogador com bastante qualidade. Gabriel diz que está com 'muita fome de bola' e quer voltar a brigar por uma vaga no time titular do Verdão.

Renovação

No próximo dia 31 de dezembro, o contrato de Gabriel com o Palmeiras findará. A diretoria, no entanto, ainda não o procurou para conversar.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

Não existe qualquer tipo de expectativa de permanência por enquanto e existe um motivo forte para isso: no mesmo mês, o Palmeiras passará por eleições presidenciais e Paulo Nobre deixará o posto. O próximo presidente deve ser o atual vice de Nobre, Maurício Precivalle. Ainda assim, o atual mandatário não quer se envolver em questões do próximo dirigente.

Gabriel quer renovar e deixou o assunto nas mãos da diretoria.

Vitória para seguir na liderança

O duelo contra o Botafogo fora de casa é de extrema importância para o Alviverde de São Paulo. Depois da derrota para o Atlético-MG em casa, chegou a hora de se recuperar. Uma vitória garante o clube na liderança por pelo menos mais uma rodada.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo