O Palmeiras está muito próximo de perder o atacante Gabriel Jesus, seja agora ou no começo do próximo ano. Jesus está treinando com a seleção olímpica e deve participar do jogo treino contra o Japão, neste sábado, em Brasília. O técnico Rogério Micale espera acertar a equipe que vai disputar os Jogos. O detalhe importante é que o Brasil nunca ganhou medalha de ouro em sua história e tem a oportunidade de levá-la.

Com Jesus, Micale também tem Neymar e Gabriel, do Santos. Um trio considerado muito bom pela imprensa mundial. 

Segundo o site ESPN, logo após o duelo contra os japoneses, o atacante palmeirense terá uma reunião com seus empresários. O objetivo é apresentar a proposta do Manchester City e ver se o jogador aceita. Existe uma grande probabilidade do negócio ser concretizado já no final de semana. Em coletiva, Jesus disse que 'sabe para onde quer ir' e que o Palmeiras 'tem esse conhecimento'. 

O Alviverde, por sua vez, está tranquilo. Pelo menos fora das quatro linhas. Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, mantém conversas diretas com a família para adquirir mais 25% de Jesus.

O clube tem somente 30% e quer tentar maximizar os lucros na venda. 

Em pauta

Uma das pautas importantes da reunião é convencer o atleta de jogar na Inglaterra somente após o fim do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras entende que a cabeça de Gabriel é boa e que ele lutará muito pela conquista que não vem desde 1994. Assim, Nobre sairia da gestão com dois títulos nacionais conquistados e com status de um dos melhores presidentes dos últimos anos, briga que ele mesmo reconhece como fortalecedor de seu ego. 

Cuca não vê problema

Com as saídas temporárias de Jesus e Prass, o Palmeiras perdeu pela primeira vez em casa no Campeonato Brasileiro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

A derrota para o Atlético-MG por 1 a 0 não deixou o técnico Cuca preocupado e ele não atribuiu a derrota às saídas de ambos. Em entrevista, o técnico entende o momento de Jesus e acredita que não terá muitos problemas na escalação da equipe sem o artilheiro do Brasileiro. Realmente, opções não faltam. 

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo