O anúncio sobre a venda da empresa mais bem sucedida do MMA, o UFC, vem sendo divulgada desde maio, e desde então também vinha sendo negada pelo presidente da organização, Dana White, e os sócios majoritários, Lorenzo e Frank Fertitta.

Hoje, porém, a venda foi anunciada como realizada, se tornando assim a maior venda de uma franquia esportiva da história.O comprador foi a WME-IMG, ‘William Morris Endeavor/IMG’, uma famosa agência de talentos de Hollywood, e foi anunciado que Dana White permanecerá com presidente da organização.Os irmãos Fertitta seguem ainda como sócios, porém agora minoritários.

Nada bobos, os dirigentes do UFC deixaram para fazer esse anúncio após a movimentada semana internacional da luta e o UFC 200.

A compra do UFC pelos Fertitta

Os irmãos Fertitta compraram a organização em 2001, por US$ 2 milhões (cerca de R$ 6.6 milhões atuais). Ao longo dos anos, transformaram o UFC na mais bem sucedida franquia esportiva, elevando os patamares de valores à milhões e tornando-se dois dos homens mais ricos do mundo.

Proprietários de 18 cassinos e de uma série de outras empresas nos Estados Unidos, Frank Fertitta III, 49 anos, e Lorenzo, 42, estão na lista da Forbes dos bilionários. O irmão mais velho ocupa a 1.057 posição, com US$ 1,25 bilhão de fortuna. O caçula vem abaixo, na 1.140 colocação, com US$ 50 milhões a menos.

A nova era no Utimate

Os Fertitta terão agora suas funções assumidas pelo CEO da nova proprietária, Ari Emanuel. Lorenzo Fertitta declarou que está confiante na nova parceria e no crescimento que tende a trazer para o Ultimate.

Os melhores vídeos do dia

"Estamos confiantes que a nova parceira com a WME-IMG, com quem construímos fortes relações nos últimos anos, está comprometida em acelerar o crescimento do UFC no mundo. Mais importante, os novos donos tem a mesma visão e paixão pela organização e seus lutadores.".

Dana White, que continuará como presidente da franquia, falou sobre as expectativas do novo momento que viverá o UFC:

"O esporte vai chegar a outro nível. Vou continuar fazendo a mesma coisa. Serei presidente, dono e vou continuar trabalhando muito. A diferença é que farei sem meu melhor amigo e parceiro (referindo-se à Lorenzo Fertitta de quem Dana é declaradamente muito amigo)."