Uma notícia deixou o apresentador da TV Globo, Fausto Silva, revoltado durante a exibição de seu programa ao vivo, o 'Domingão do Faustão'. O esportista olímpicoDiego Hypólitofoi proibido pelo Comitê Olímpico de participar de um quadro de entrevistas na Rede Globo, poucos minutos antes de entrar no ar. A decisão deixou o comunicador indignado e sem chão, que desabafou emfrente às câmeras para todos os brasileiros que o acompanhavam na hora.

O nome do atleta acabou caindo em meio a polêmicas, apóspesarem suspeitas nos bastidores e na imprensa de que o seu treinador havia assediado sexualmente um atleta menor de idade. A história não envolvia o nome do esportista famoso. Na última semana, Fernando de Carvalho Lopes foi afastado de seu cargo a menos de um mês dos Jogos Olímpicos, no Rio, por decisão do Comitê que organiza a competição.

Faustão disse que considera esta decisão "uma censura".

"Ele viria aqui pra participar de um programa de Televisão e aí um dirigente, que deve ser um imbecil, liga pra ele na hora de entrar", esclareceu o apresentador para os seus telespectadores.

Faustão falou que é preciso ter respeito ao público, e não a ele, que já está acostumado.

Logo depois o comunicador voltou a falar do caso e explicou o que houve no bastidores. Segundo Fausto Silva, Diego chegou a chorar, pois esta era a chance dele receber uma homenagem do programa. O apresentador ainda ressaltou as qualidades do atleta que, segundo ele, não se comparam a esportistas nem dos Estados Unidos ou Alemanha.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Televisão

Veja o vídeo de desabafo de Fausto Silva:

Em seguida, entrou no ar uma produtora do programa, que veio trazer novidades sobre o ocorrido. Faustão não voltou atrás sobre o que disse acerca do Comitê Olímpico e lamentou a não-participação de Diego no programa.

O atleta iria se sentar ao lado de sua irmã, a Daniele, que estava no palco.

Nota de esclarecimento

O site UOL Esporte entrou em contato com a assessoria de imprensa do Comitê. De acordo com o site, eles foram informados de que o atleta não pôde aparecer por uma decisão de seu novo técnico, Marcos Goto.

"Vale ressaltar que o atleta não pediu autorização ao seu treinador para participar do programa.

Por fim, esclarecemos que o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, em nenhum momento foi consultado ou participou dessa decisão", esclarece o texto.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo