Jair Ventura,novo técnico do Botafogo, assume o comando da equipe tendo pela frente algumas complicadas decisões a serem tomadas, para que o time do Botafogo se mantenha na Série A do Campeonato Brasileiro.

A primeira, trata-se de decidir quem será o camisa 9 do principal time de General Severiano. Jair Ventura deverá dar uma chance ao jogador formado no clube,Sassá, que agora recuperado, tem tido boas atuações (inclusive marcando gol no Morumbi).

Ou deverá o comandante dar continuidade na mesma insistência de Ricardo Gomes, que apostava no chileno Gustavo Canales,contratado pelo Botafogo para ser o homem-gol do time?

Ambos jogadores apresentam razões para serem detentores da tão almejada 9. Canales com 34 anos tem em seu favor a experiência que os anos vividos no Futebol puderam lhe ensinar. A adaptação de Canales no futebol brasileiro foi conturbada devido aos muitos problemas encontrados ao longo do processo.

O jogador chegou ao clube tendo que tratar durante um mês de uma lesão no pé, esse fato fez com que o ritmo de jogo do jogador fosse assimilado de forma tardia. O jogador que está no clube desde junho, jogou apenas seis jogos, não fez nenhum gol, mas tem a compreensão do clube que entende que essa lenta adaptação nada tem haver com falta de esforço do atleta.

De olho na 9, tem também o jovem Sassá.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

O atleta de 22 anos está decolando desde que se recuperou de uma cirurgia no joelho que o deixou afastado por seis meses. Ainda que Sassá não tenha conseguido engatar uma sequência de jogos devido a dores musculares resultantes da tal cirurgia, os feitos e os números de Sassá impressionam. Em 12 partidas foram 7 gols, uma média de um gol a cada 64 minutos, esses números fazem de Sassá o artilheiro do time.

É um desses dois que deverá ser escolhido pelo técnico Jair Ventura. Outra situação que exige atenção do técnico é o drama do goleiro Jefferson, que após uma cirurgia de uma rara lesão no braço esquerdo, tem encontrado muita dificuldade na recuperação.

O atleta tem treinado muito, sem muitos alardes o atleta chega no clube duas horas antes que os demais colegas, treina na academia e depois vai para o campo, quando os demais jogadores vão para o campo, Jefferson retorna para academia e dá continuidade em trabalhos que objetivam reforçar a musculatura.

O retorno do atleta ainda não foi divulgado, acredita-se que será no mês de setembro. Jair Ventura deverá se reunir com os médicos que estão acompanhando o atleta para obter mais informações sobre a recuperação do goleiro e suas reais condições.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo