Cerca de 4 mil torcedores fizeram o dia de sábado mais animado no Estádio de Cachoeira de Macacu, na final de mais um campeonato promovido pela Copa Evangélica de Futebol do Rio de Janeiro – CEF-RJ.

Os jogos aconteceram entre jovens e veteranos. Cerca de 600 equipes participaram da campanha esportiva que acontece sempre no primeiro semestre do ano.

A equipe FJU-RJ, da Igreja Universal, conquistou o primeiro lugar, sagrando-se campeã.

Publicidade
Publicidade

Na categoria Sub-39, o Centro Evangelístico Internacional de Alcântara – CEI Alcântara, também levou a melhor, o que aconteceu também com o Ministério Caminho do Milagre na categoria Master.

Segundo o presidente da CEF, o ex-atleta Bruno Brito, que jogou em clubes famosos, como Fluminense e Boa Vista de Portugal, o evento esportivo superou as expectativas. “O Futebol é uma ferramenta de evangelismo.

Publicidade

E este é nosso propósito nestes jogos que realizamos”, afirmou Brito, acrescentando que o evento foi um sucesso e surpreendeu a todos os participantes.

O treinador da equipe do CEI do Alcântara, Valmir Monteiro, disse estar emocionado pela conquista inédita na Superliga e descarrega: “O título que a gente conquistou foi muito gratificante, porque é a primeira vez que eu atuo como técnico de um time. A gente conseguiu com a ajuda de Brito a formar um elenco muito forte. E tinha que ser assim porque a competição era muito forte”, considerou Valmir.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

A solidariedade faz gol de placa

Perto de completar nove anos de existência, a CEF-RJ foi criada em nove de setembro de 2007 com o objetivo de valorizar os atletas do mundo gospel através de eventos esportivos.

Alguns desses eventos acabam tendo destaque e entram para a história da Copa, alcançando grande projeção. Foi o caso do Futebol da Solidariedade, realizado pela Andef – Associação Niteroiense de Deficientes Físicos, que aconteceu no sábado, dia 20, que valeu um quilo de alimento não perecível.

“A ideia surgiu a partir do Anderson, atleta paralímpico da Andef, unindo a Seleção Evangélica com a Seleção de Amputados. A ideia é levar essa mensagem de paz, através do futebol, além de amor ao próximo e inclusão social humanitária”, explicou Brito.

Os atletas da CEF-RJ agora se preparam para o Intermunicipal da Copa a ser realizado no Centro Esportivo Agro-Brasil, em Sambaetiba, Cachoeira de Macacu.

Publicidade

O evento está previsto para o dia 1° de outubro.          

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo